TIM quer convencer a Anatel que é inocente. Foto: reprodução.

A TIM divulgou nesta segunda-feira, 12 uma avaliação encomendada junto à Ericsson que contém indícios que a operadora não derrubou propositadamente chamadas móveis em sua rede.

De acordo com o Tecmundo, o relatório, que foi confirmado pela consultoria PriceWaterHouseCoopers, constatou que a taxa de queda de chamadas relativa ao dia 8 de março de 2012 foi de 2,09%, pouco acima do resultado interno da TIM de 2,04%.

Não há, portanto, evidência de que essa taxa seja da ordem de 24%, conforme havia apontado a Anatel em agosto.

A operadora foi acusada de derrubar as ligações de propósito para que os usuários ligassem novamente e pagassem nova tarifa, pelo plano Infinity.

"As conclusões ratificam a afirmação feita pela companhia em comunicado anterior, negando qualquer prática de ilícito ou qualquer manobra que ferisse a transparência no relacionamento com seus clientes", diz o comunicado da TIM.

A operadora diz á ter notificado a Anatel sobre o resultado da avaliação independente, que pode ter que se desculpar pelas críticas, ou desmentir os resultados e começar a novela mais uma vez.