Mercado de fornecimento de energia para data centers também deve melhorar. Foto: flickr.com/photos/skreuzer.

Tamanho da fonte: -A+A

O mercado de geradores a diesel, sistemas de refrigeração, servidores e dispositivos de fornecimento de energia para data centers vai quase dobrar no Brasil até 2017, saltando dos S$ 240 milhões em 2012 para US$ 460 milhões em 2017.

A análise é da Frost & Sullivan, que aponta como motivos o aumento da construção de data centers no país e a necessidade de sistemas eficientes que ajudem a reduzir a conta de energia, devido às altas tarifas cobradas no país.

Estima-se que eletricidade responda por um terço do custo de um data center no Brasil, o dobro do valor nos Estados Unidos.

Mesmo assim, uma série de multinacionais americanas já estão construindo ou projetam ter data centers no país. Microsoft, Oracle e VMware foram algumas das últimas a anunciar movimentos nesse sentido.