Martín Migoya, CEO e cofundador da Globant. Foto: Divulgação.

A argentina Globant acaba de anunciar uma parceria com o grupo Advanced Technology & Projects (ATAP) do Google. Pelo acordo, a Globant passa a ser a responsável por desenvolver uma loja virtual dedicada a oferta de módulos de software e hardware para o smartphone modular Project Ara.

A loja online será análoga à Play Store e incluirá opiniões e recomendações dos usuários. A Globant irá colaborar ainda no desenvolvimento da estrutura de retaguarda da loja, ajudado a  alavancar seu e-commerce, a presença nos mercados digitais e a adoção de práticas e sistemas de alto desempenho.

O objetivo do Google com o Projeto Ara é a criação de um mercado de duas mãos entre desenvolvedores e consumidores de módulos, com os desenvolvedores obtendo acesso direto aos consumidores (em vez de ter de comercializar para OEMs ou fabricantes de equipamentos originais).

"Este acordo representa um novo marco na parceria contínua da Globant com o Google e estamos muito felizes por fazer parte de um projeto tão inovador quanto este", declarou Martín Migoya, CEO e cofundador da Globant.

Fundada há 11 anos, a Globant tem mais de 3,5 mil profissionais trabalhando em empresas como Google, LinkedIn, JWT, EA e Coca Cola, entre outras.

Em julho, a empresa oficializou sua entrada na bolsa de valores de Nova York (NYSE), se tornando a primeira empresa de tecnologia da América Latina a ter ações negociadas na bolsa geral norte-americana.

Com o IPO, a companhia ficou com um valor de mercado de US$ 400 milhões.