Gerson Schmitt. Foto: divulgação.

A catarinense Paradigma Business Solutions levantou um financiamento de R$ 2 milhões junto ao BNDES, por meio do banco regional BRDE, para concluir a globalização da sua plataforma de SRM – Supplier Relationship Management.

Em um processo de expansão interna, o aporte servirá para multiplicar em grande escala a plataforma Paradigma WBC – Web Business Center - integrada com seu inédito serviço de e-sourcing.

De acordo com o CEO Gérson Schmitt, a companhia realizou a captura desse recurso para dar continuidade a esse processo, estabelecendo uma plataforma para gestão consolidada de todos os relacionamentos com fornecedores: procurement, sourcing, confirmação de pedidos, gestão de documentos, de contratos, de recebíveis, de logística, de cadastros, de processos de negócios, de captura, validação e conciliação de notas fiscais e de uma central de comunicação.

Essa plataforma já atende projetos com vários módulos internacionalizados, como ocorre com o portal de fornecedores da multinacional brasileira Fundição Tupy de Joinville (projeto em migração de sistema de gestão para a plataforma SAP) ou do portal de procurement da Itaipu Binacional.

“Os recursos financiarão a conclusão da internacionalização e o empacotamento da tecnologia Paradigma SRM, completando um ciclo de vários anos de investimentos em inovação e qualificação funcional das soluções e serviços pelos quais a empresa é reconhecida no país", declara a CEO da Paradigma Andréa Boudeville.

Responsável por dezenas de portais nacionais de procurement e SRM, que movimentam mais de 100 mil pedidos de compra por ano, a Paradigma emplacou em 2014 contratos grandes como o da já citada Itaipu, a catarinense Celesc, governo do Pernambuco (Planejamento e Gestão de Suprimento) e a prefeitura de Florianópolis (Portal do Cidadão).

“A empresa projeta fechar o ano com faturamento superior a R$ 13 milhões e planeja crescer 20% em 2015, com 60% da meta de faturamento já contratada para o ano seguinte”, comenta Andréa Boudeville.

Além disso, a Paradigma conta com sua spin off ClicBusiness, portal catarinense de serviços de sourcing on demand, que somou mais de R$ 2 bilhões de pedidos fechados em 2013.