Google quer estimular compra de aparelhos com versão recente do Android. Foto: Asif Islam/Shutterstock.

Até o dia 24 de janeiro, os clientes que comprarem smartphones com a versão Android Lollipop 5.0 ou superior nas lojas Casas Bahia e Pontofrio, da Via Varejo, ganharão créditos em conteúdos no Google Play.

Na finalização da compra de um smartphone participante da campanha, os clientes receberão um cupom com os códigos para regaste no Google Play de uma assinatura de 90 dias de Google Play Música, o download de dois álbuns de música e crédito de R$ 10 para compra de apps.

Entre os aparelhos participantes na Casas Bahia estão o Moto E (R$ 642,60) e o Alcatel Idol 3 (R$ 978,60). No Ponto Frio, uma opção é o LG Prime Plus (R$ 894,60).

Os valores estão próximos do preço médio gasto por brasileiros na compra de smartphones. Segundo a Qualcomm, o investimento em aparelhos no país ficou na média de R$ 900 em 2014.

Esta é a primeira vez que a empresa de tecnologia norte-americana faz parceria com uma varejista brasileira. Com isso, a companhia espera aumentar o download de apps pagos e o uso da Play Store para compra de conteúdos como música e livros.

Segundo a pesquisa “O Perfil dos Aplicativos no Brasil”, encomendada pelo PayPal e realizada pela BigData Corp em setembro, 85% dos brasileiros só baixam aplicativos gratuitos. 

Para o Google, a promoção, além de expôr o portfólio de conteúdos do Google Play, também estimula os consumidores a comprarem aparelhos com as versões mais atuais do Android - Lollipop e Marshmallow. 

Para a Via Varejo, a iniciativa dá continuidade ao plano de crescimento da empresa na área de telefonia. Desde 2014, a Via Varejo implantou em mais de 170 unidades Casas Bahia e Pontofrio as lojas mobile, formato dedicado à venda de celulares e tablets em que o cliente pode experimentar aparelhos e conhecer planos das principais operadoras.

A companhia teve prejuízo de R$ 46 milhões no terceiro trimestre de 2015, ante lucro líquido de R$ 216 milhões no mesmo período de 2014.

A receita líquida totalizou R$ 4,095 bilhões no período, queda de 22,7% na comparação anual.