Valéria Pessôa, gerente executiva de TI do Ecad. Foto: divulgação.

A Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad), organização privada responsável pela arrecadação e distribuição dos direitos autorais das músicas aos seus autores, anunciou a contratação de Valéria Pessôa como sua nova gerente executiva de Tecnologia da Informação.

Pessôa vem do Grupo Essilor, multinacional francesa especializada em lentes oftálmicas, onde fez carreira nos últimos 21 anos. 

Na companhia, foi analista de sistemas e supervisora de TI, gerente de TI, gerente de serviços e tecnologia, diretora de operações no Brasil e, mais recentemente, diretora de projetos industriais e qualidade Latam.

Em seus mais de 26 anos de carreira, a executiva também passou pelas empresas Linx e Castrol Brasil. Ela é formada em engenharia de produção pela PUC-Rio.

No Ecad, Pessôa tem a missão de participar de projetos prioritários, como a implantação de sistema integrado de gestão, automatização de sistemas, além de processos de captação e licenciamento digital.

“Ao mesmo tempo que será um desafio atuar em um novo mercado, estou muito feliz e animada para conhecer mais sobre o mundo da música e suas peculiaridades. Será muito positivo contribuir com o crescimento de um mercado que leva entretenimento e cultura para a população, fazendo da tecnologia um aliado na inovação e evolução da indústria musical”, afirma Valéria Pessôa, gerente executiva de TI do Ecad.

Fundado em 1977, o Ecad é administrado por sete associações de música e atua em todo o Brasil, com sede no Rio de Janeiro e 22 unidades nas principais regiões do país, além de​ 23​​ agências credenc​iadas em cidades menores ou do interior.

Em 2020, o escritório distribuiu R$ 894 milhões para 256 mil artistas e outros titulares, queda de 9,3% em comparação com o ano anterior.