CARTÕES

Orbitall aposta no mercado de pré-pagos

13/02/2015 10:06

O produto pré-pago desenvolvido pela Orbitall permite saques em ATMs e casas lotéricas.

Marcos Monteiro, CEO da Orbitall. Foto: Divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Orbitall, empresa do grupo Stefanini, está reforçando a sua atuação no atendimento as demandas do mercado de cartões pré-pagos.

Segundo a empresa, o mercado de pré-pagos vem crescendo no Brasil devido as suas inúmeras utilidades, como fazer compras pela internet, presentear pessoas, efetuar pagamento de despesas, recarregar e até transferir dinheiro para outras contas. 

O produto pré-pago desenvolvido pela Orbitall permite saques em ATMs e casas lotéricas, além de contar com programa de fidelidade (próprio emissor ou bandeira). Os canais de comunicação com o portador podem ser por meio de SMS, site próprio (customizado pela Orbitall) ou aplicativo para celular, sendo que o emissor pode definir as opções por produto.

De acordo com Marcos Monteiro, CEO da Orbitall, quase 40% da população brasileira ainda não têm conta em banco.

"Os cartões pré-pagos também podem atingir consumidores que não se qualificam para serviços bancários tradicionais ou que não têm interesse nesses serviços", explica Monteiro. 

Para o executivo, a utilização dos cartões pré-pagos é uma alternativa para a folha de pagamento de empregados não bancarizados, oferecendo melhoria no processo de gestão de pequenos gastos e redução dos custos, como taxa de emissão de cheques ou aberturas de contas. 

Dessa forma, é possível agilizar o pagamento dos serviços, combustível, alimentação, oficinas ou demais despesas.

"Para companhias que trabalham com profissionais liberais ou trabalhadores temporários, o cartão pré-pago simplifica a disponibilidade de dinheiro, reduzindo a burocracia dos depósitos em conta", ressalta o CEO da Orbitall.

Com a solução da Orbitall, o portador pode obter vários cartões ligados ao seu cartão pré-pago, facilitando o envio de fundos a familiares. Também fica protegido em caso de perda ou roubo do plástico, pois não perde o saldo remanescente do cartão, que é transferido para um novo cartão. 

"Considerando a América Latina, os dois principais mercados são México e Brasil, sendo que o maior potencial está em nosso país. Em 2010, na América Latina, esse mercado representava US$ 15 bilhões e a estimativa é que, em 2017, esse valor chegue a US$ 133 bilhões em oportunidades", prevê Marcos Monteiro.

Com mais de 40 anos de mercado, a Orbitall apresenta soluções de processamento para cartões consignados, híbridos, private label, empresariais, alimentação, refeição, pré-pagos e gift cards. 

Além disso, oferece serviços de BPO, como atendimento, crédito, cobrança e back office.

Veja também

NORDESTE
Orbitall: RH diferente em Campina Grande

Coisas são mais fáceis para empresas no Nordeste, ao que parece.

INVESTINDO
Orbitall vai de IBM para data center

Contrato tem duração de dez anos e contempla o fornecimento, gerenciamento e operação 24x7 da infra de software e hardware.

EMPRÉSTIMOS
Orbitall usa Inffinix na cobrança

A nova plataforma abrange todos os tipos de produtos como cartão de crédito, veículo, crediário e empréstimos. 

DIFÍCIL
Stefanini adia metas

Ficaram para “2017 ou 2018” as metas da companhia de chegar ao final de 2016 faturando R$ 4 bilhões.

EXPANDINDO
Stefanini abre escritório no RJ

Empresa estima que o novo escritório será parte importante para seus planos estratégicos em 2015.

VÍDEOS
Stefanini: Samba Tech para treinamentos

O projeto-piloto será aplicado aos líderes da Stefanini, contemplando 900 profissionais no mundo.