São Paulo concentra 30% de toda a força de trabalho de TI no Brasil. Foto: Rawpixel/Shutterstock.com

Segundo um levantamento da empresa de recursos humanos Kelly Services, a cidade de São Paulo concentra 30% de toda a força de trabalho da área de tecnologia da informação no Brasil. A cidade também oferece uma remuneração superior à média salarial nacional. 

A pesquisa foi realizada entre os anos de 2010 e 2013 e mostrou que a capital paulista registrou um aumento na oferta de empregos nesse segmento três vezes maior do que a média de todas as profissões.

O estudo apontou que São Paulo registrou cerca de 90 mil profissionais de TI nos anos pesquisados. A expectativa da consultoria é que esse número pule para algo entre 130 mil e 150 mil até o final de 2015. 

Segundo o relatório, a profissão de engenheiro de TI gerou 48% mais de vagas entre os anos pesquisados. Enquanto isso, a de gerente de TI cresceu 29% e a de analista de TI subiu 28%.

Em média os paulistanos que trabalham na área recebem um salário anual de R$ 83 mil, enquanto a média nacional fica em R$ 74 mil.

O cargo de gerente de TI é o que apresenta maior disparidade. Em São Paulo os profissionais dessa função ganham um salário médio de R$ 170 mil, contra R$ 118 mil no resto do Brasil.

Já um administrador de sistemas que trabalha na capital paulista recebe, em média, R$ 13 mil a mais por ano do que no restante do país. São R$ 79 mil em São Paulo e R$ 66 mil na média nacional.

A posição com menor diferença é a de analista de TI. De acordo com o estudo, este profissional ganha R$ 72 mil por ano na capital paulista, enquanto a média nacional é de R$ 70 mil.