Alexandre Costa e Marcelo Almeida. Foto: Baguete.

A Energy Telecom, provedora de soluções de segurança e conectividade sediada em Fortaleza, reforçou sua atuação no Sul do país com a compra da área de serviços da gaúcha Interage, sediada em Caxias do Sul.

Com o negócio, que não teve seu valor revelado, a Energy Sul incorpora a carteira de 100 clientes da Interage na área de serviços de infraestrutura, que inclui nomes como Unimed Noroeste, Stemac e Macrosul.

Os 10 funcionários da companhia passam a integrar o time da Energy, assim como o sócio da Interage Márcio Biazus, que agora assume o comando na Energy Sul.

A Energy Sul também tem participação de Alexandre Costa, um dos diretores da Perseus, que é investidor, sócio e apoia na expansão na região. A companhia tem sedes ainda em Recife, Brasília, São Paulo, Belo Horizonte e Manaus.

Em Porto Alegre, a Interage segue sua atuação com o software de controle de Internet GatePro sob o comando de Ricardo Roese.

“A oferta de serviços da Interage se integra muito bem com os produtos de segurança da Energy. A empresa está apostando forte no mercado do Sul”, explica Costa.

A Energy Telecom opera com um modelo de locação de equipamento ou soluções, o que permite à empresa trabalhar com uma gama ampla de fornecedores.

A lista inclui Barracuda, McAfee, BlueCoat, para ficar na área de filtro de conteúdos e Check Point, Cisco, Fortinet, Astaro e SonicWall na área de firewall e UTM.

O reforço no Sul faz parte de uma estratégia mais ampla da Energy para crescer em todo o país.

Hoje, 70% da receita da empresa vem das regiões Norte e Nordeste onde a empresa tem uma forte presença, principalmente na área pública.

“Queremos que o Sul e Sudeste representam a metade do faturamento em dois anos”, adianta Marcelo Almeida, diretor comercial da Energy, destacando que a empresa tem hoje assegurado um mercado de alto crescimento, onde organizações do resto do país tem tentado entrar.

Almeida reconhece que os níveis de serviço exigidos no Sudeste são mais elevados do que no Nordeste, mas assegura que a empresa tem feito investimentos para estar à altura. “Isso nos ajuda a reforçar nossa posição por lá também”, completa.

Parte do esforço são contratações, como a de Ronaldo Duarte, ex-Tivit, para atuar como gerente de serviços e parte é a construção de data centers, como o que setá sendo feito atualmente em Fortaleza.

Com 10 anos de operação, a Energy tem entre seus fundadores Giovani Mariotto, um executivo experiente no mercado financeiro, com passagens pelo Banco Mercantil de São Paulo e pelo Safra.