Novo contrato da espanhola com governo brasileiro inclui serviços para 11 instituições.

Um contrato para gerenciamento de serviços tecnológicos de 12 instituições do governo federal brasileiro acaba de acrescentar R$ 50 milhões à já recheada carteira de atendidos pela espanhola Indra no setor público.

A companhia atende a clientes como Petrobras, Exército Brasileiro e Caixa Econômica Federal, sendo que só para esta última a multi europeia assinou em agosto de 2012 dois contratos somando R$ 94 milhões.

O novo contrato inclui projetos para órgãos que alongam a lista: MCTI, STE, TSE, Instituto Brasileiro de Inovação e Ciência, Instituto Nacional de Patrimônio Histórico e Artístico, Comissão Nacional de Energia Nuclear, Observatório Nacional, Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, Instituto Nacional do Semiárido, Museu Paraense Emílio Goeldi, Capes e Ministério dos Esportes.

Os serviços compreendidos são desenvolvimento e gestão de aplicações corporativas e processos administrativos, modernização de sistemas de informação e suporte.

O prazo de execução estipulado é de 12 meses, com possibilidade de renovação ao longo dos próximos cinco anos.

Como a lista de clientes indica, o foco da Indra no setor público é forte.

Para ampliar o atendimento a esta área, no mês passado a companhia certificou sua operação brasileira na ISO 27001:2007, norma referente à segurança da informação considerada diferencial para licitações públicas.

Um diferencial de poucos, segundo Peter Koster, diretor de Qualidade e Inovação da Indra no Brasil: no país, a empresa espanhola foi a 25ª certificada, e em todo o mundo são 7940 donas da titulação.

Os contratos no âmbito governamental têm contribuído para o bom desempenho da Indra na América Latina, onde a empresa divulga ter multiplicado por 12 sua receita nos últimos seis anos, concentrando metade de suas vendas fora da Espanha.

O valor da receita regional, a companhia não divulga. Globalmente, o último dado revelado é um faturamento de R$ 6,2 bilhões em 2011, dos quais mais de 50% vieram de fora da matriz.

Além do Brasil, a companhia conquistou recentemente projetos como a modernização da infra de TI do Instituto Colombiano de Bem Estar Familiar (ICBF) e do Consórcio SAYP, a operação e manutenção de todos os sistemas e infraestrutura de hardware da também colombiana Ecopetrol, e a gestão e operação da plataforma de sistemas dos Serviços de Administração Tributária do México (SAT).

Com mais de 42 mil colaboradores e clientes em 128 países, a Indra atua também com soluções e serviços para os setores financeiro, energia e utilities, telecom, saúde, indústria, transporte e tráfego.