Mozart Marin.

A MV, companhia especializada em sistemas de gestão para área de saúde, acaba de criar um time focado em customer success dentro da área comercial.

O conceito de customer success prega um modelo de relacionamento com os clientes no qual a melhoria rápida do produto com base no feedback dos usuários é central.

Ao todo, a MV colocou três gerentes nessa função (dentro de um time comercial de 80 pessoas) focados em acompanhar hospitais, clínicas, operadoras de planos de saúde, centros de medicina diagnóstica e unidades de saúde pública de forma mais próxima.

O time fará consultorias especializadas para apoio na elaboração de novos projetos, mapeamento de objetivos de negócios dos clientes e monitoramento de métricas para identificar situações recorrentes e promover melhorias dentro do roadmap de produtos. 

“Além de maior satisfação, esperamos fidelizar novos clientes com níveis de alta performance e ampliar o potencial de uso das soluções MV”, explica o diretor corporativo Comercial da MV, Mozart Marin.

O time será comandado por Charles Schimmock, ex-gerente de contas chave da MV, na empresa desde 2004.

O assunto “costumer success”, que pode ser interpretado como um esforço maior para trabalhar a base de clientes em um momento em que conquistar novos é mais difícil.

Com a crise econômica no país, a abordagem parece estar em alta. Recentemente a Totvs criou um programa do tipo para a base de clientes do Fluig, plataforma de produtividade e colaboração na nuvem que é uma das apostas da companhia nos últimos anos.

A MV é hoje uma das maiores empresas de software para saúde no país. Em 2014, a companhia alcançou uma receita líquida de R$ 161 milhões, uma alta de 20% frente a 2013.

A meta divulgada para 2015 foi de crescer novamente 20%, chegando a R$ 193 milhões, mas os resultados para aquele ano e 2016 não foram divulgados.

Com mais de 1 mil clientes no Brasil, na África e na América Latina - entre hospitais, operadoras de planos de saúde e saúde pública - a MV conta com um total de 100 mil médicos e 250 mil profissionais usando as plataformas da empresa.