Fábrica da Souza Cruz. Foto: divulgação.

A Souza Cruz, maior empresa brasileira de cigarros, adotou no seu setor jurídico o software de gestão de conteúdo empresarial (ECM, na sigla em inglês) da suíça McFile, com implantação da Destaque.

O projeto atende a 75 usuários e armazena cerca de 185 mil arquivos, tendo uma média de 200 arquivos inseridos por dia.

O novo sistema substitui o anterior, no qual os arquivos eram armazenados numa rede compartilhada, o que dificultava a busca e localização, complicando o cumprimento dos rígidos compliances do setor.

“As melhorias foram a diminuição do custo com a locação do espaço físico destinado ao arquivo, bem como a diminuição do tempo gasto com a busca de documentos”, explica a advogada Mariana Otero.

Além disso, uma política de retenção de documentos corporativa, com base em uma tabela de temporalidade foi implementada, o que permite que arquivos fora do prazo de retenção sejam anualmente excluídos.

A Destaque é sediada no Rio de Janeiro e tem 60 clientes, incluindo nomes como Vale, Chevron, FSB Comunicações e IRB Brasil.

Líder do mercado brasileiro de produção de cigarros, a Souza Cruz tem seis das dez marcas mais vendidas no país.