O Figure 1, app para compartilhamento de casos clínicos, chegou ao Brasil. Foto: Antonio Guillem/Shutterstock.

O Figure 1, aplicativo para profissionais da área médica e de enfermagem compartilharem casos clínicos, chegou ao Brasil. Com o aplicativo é possível pesquisar sintomas, trocar ideias, receber informações e encaminhar imagens para outros profissionais da saúde para disseminar conhecimento.

Apesar do lançamento no Brasil, a empresa não conta com uma equipe ou country manager no país. Hoje o app é usado por mais de 150 mil médicos e profissionais da área e está disponível em quase 50 países. 

A chegada do Figure 1 no Brasil marca a entrada da empresa na América Latina. A empresa recebeu R$ 15,3 milhões em aportes, liderado pela Union Square Ventures, e usou o investimento para melhorias da plataforma e expansão internacional.

“A medicina é um campo visual e há muito a ser aprendido das imagens médicas. O aplicativo Figure 1 é uma ferramenta que capacita o médico a ter ainda mais conhecimento na palma da mão", afirma o Dr. Joshua Landy, médico especialista que desenvolveu o conceito do Figure 1. 

O app funciona como uma rede digital de compartilhamento de foto, onde os interessados se unem para dividir casos médicos. Todo protocolo de confidencialidade e moderação passa pela aprovação de um time dedicado da companhia, garantindo o anonimato do paciente.

A companhia trabalhou com advogados brasileiros para se certificar de que o aplicativo estava de acordo com as leis do país. Há inclusive um formulário de consentimento em português para a postagem da imagem ser autorizada. 

Além disso, há uma ferramenta de bloqueio facial que reconhece e bloqueia o rosto de pacientes automaticamente e uma ferramenta que propicia aos profissionais bloquear marcas que podem identificar pacientes, como tatuagens, por exemplo. 

O aplicativo está disponível para sistemas operacionais iOS e Android, e também pela web. 

Fundado em 2013, o Figure 1 tem sede em Toronto, no Canadá.