Soncini projeta crescimento no Sul

A Vtex, especializada em software para e-commerce, quer avançar no mercado do Sul. Com o projeto de expansão, o objetivo é chegar a um faturamento de R$ 28 milhões, o dobro do ano passado.

Na região, o foco são pequenas e médias empresas do varejo regional, segundo Alexandre Soncini, diretor de Vendas e Marketing da Vtex.

No ranking de faturamento da companhia, o executivo afirma que a região é a segunda, atrás somente do Sudeste.

Para conquistar os novos clientes, a companhia terá representação no Sul com agentes para oferta do produto aos varejistas.

A carteira de clientes da Vtex soma 150 contratos ativos. Os atuais clientes do Sul são Paquetá, Schumann e Koerich. Ainda este ano, a meta é mais que duplicar a base, chegando a 350 contas, segundo Soncini.

“Os varejistas geralmente utilizam os serviços de software para e-commerce de empresas que têm apenas importância regional, oferecendo uma solução local. No momento que o varejista quer crescer, a solução não acompanha. Ele precisa de ferramentas que proporcionem uma evolução no contexto nacional”, comenta o diretor.

Para exemplificar, Soncini explica que agências digitais deixam de crescer e de reduzir custos quando não terceirizam os serviços de e-commerce, privando-se de focar-se suas especialidades.

“A intenção é incentivar a criação de um ecossistema sustentável entre clientes e agências”, explica.

Em 2011, a Vtex criou um plano de canais com meta de formar uma rede com pelo menos um parceiro em cada capital da América Latina, incluindo todos os estados brasileiros.

No primeiro semestre de 2012, a empresa abriu um escritório na Argentina e tem o objetivo de estabelecer-se também no Chile e na Colombia.

Nos próximos meses, o road show da empresa passará pelo Rio de Janeiro, Campo Grande, Londrina, Fortaleza, São José dos Campos, Recife, Cuiabá, Belo Horizonte, São Paulo, Florianópolis, Campinas e Goiânia.

No início de 2013, a meta é desembarcar na Europa.

Segundo o Estudo de Comércio Eletrônico na América Latina, divulgado em maio, o Brasil gastou US$ 25 bilhões em compras online durante 2011, atingindo um crescimento de 43%.

PARCERIAS

Desde o início de junho, a empresa também oferece 13 novas opções de pagamento aos lojistas através de uma parceria com o MercadoPago, serviço de pagamentos pela internet.

“A plataforma que oferecemos costuma estar sempre à frente do mercado. A parceria com o MercadoPago proporciona uma maior gama de serviços que oferecem qualidade aos lojistas e seus consumidores”, diz Soncini.

A Vtex mantém parceria com outras empresas de pagamentos online como Paypal, Evolucard, Pagamento Digital, PagSeguro.