Locaweb tem nova solução de e-commerce. Foto: flickr.com/photos/fosforix

A Locaweb acaba de lançar sua nova plataforma de e-commerce, a TrayCommerce, produto da aquisição da Tray no final de 2012.

A solução está disponível em quatro faixas de preço, de R$ 99 até R$ 4,3 mil mensais, de acordo com quantidades de pageviews, SLAs e suporte.

“A Tray já existe no mercado há mais de 10 anos e oferece serviços de e-commerce com a tradição e expertise de quem é especialista no assunto”, afirma Joaquim Torres, diretor de produtos da Locaweb.

O mercado de plaformas para e-commerce está em transformação no Brasil, com muitos players independente como a Tray, Ikeda e Vertis sendo adquiridos por marketplaces ou outros provedores de serviços.

Entre as empresas independentes, o destaque é para a Vtex, que esperava fechar 2012 com faturamento de R$ 28 milhões, uma alta de 100%.

Uma empresa nova que tem chamado atenção nesse mercado é a E-Smart, fundada por Vinicius Pessin, ex-diretor do UOL Host e Walter Sabini Junior, fundador e ex-CEO da Virid.

Capitalizada pelo dinheiro da venda da Virid para a Experian e outros fundos, a E-Smart tem investido em aquisições, contratações e expansão nacional, com a meta de fechar 2013 com 200 clientes e faturamento de mais de R$ 20 milhões.

A estimativa é que existam entre 100 e 150 empresas de menor porte atuando nesse mercado.

O e-commerce brasileiro movimentou R$ 24,1 bilhões em 2012, uma alta de 28,8% frente aos números do ano anterior. Até o final do ano, a expectativa é chegar R$ 30,1 bilhões, o que representaria uma nova alta de 24%.

O crescimento é puxado pelo aumento de compradores online, que chegou a 37,6 milhões, alta de 17%.

Números levantados pela AmericaEconomia Intelligence apontam que o Brasil representa 61% de todo o volume de negócios de tecnologia em e-commerce na América Latina.