Fabiano Ornelas, diretor de Canais da Dell Brasil. Foto: Divulgação.

A Dell lançou o programa Dell Security SECaaS (Security as a Service) no Brasil. A iniciativa prevê pacotes customizáveis de segurança como serviço, com hardware, software e suporte, que podem ser contratados pelos parceiros por meio dos distribuidores selecionados pela Dell. 

Segundo a empresa, o modelo representa uma oferta inédita para o setor no país, pois pela primeira vez um fabricante viabiliza diretamente a operação financeira da plataforma de segurança como serviço para os canais. 

“Trata-se de um marco estratégico para os parceiros da Dell, os quais podem oferecer aos clientes as soluções de segurança como serviço, sem a necessidade de investimentos prévios em hardware e software e contratando a oferta diretamente da Dell por meio dos nossos distribuidores”, pontua Fabiano Ornelas, diretor de Canais da Dell Brasil. 

O SECaaS está disponível para todos os parceiros cadastrados no programa PartnerDirect, que precisam ser capacitados na competência de segurança e atender a requerimentos específicos voltados a garantir adequação de parceiros que já trabalhem na venda soluções de segurança como serviço ou estão vislumbrando avançar para esse mercado.

Inicialmente, o programa SECaaS contempla toda a linha de soluções para segurança de rede Dell SonicWALL. Ao longo deste ano, o objetivo é expandir a oferta para as demais linhas do portfólio de soluções para segurança da Dell, que inclui as soluções de gerenciamento de identidade e acessos.

O programa Dell Security SECaaS tem o objetivo de atender canais interessados em oferecer serviços na área de segurança da informação com soluções pagas sob demanda e que podem ser expandidas ou reduzidas de acordo com as necessidades. 

“Alguns canais já oferecem segurança como serviço, mas o grande diferencial deste novo programa é que toda solução (hardware, software e suporte) seja entregue como serviço pela própria Dell, garantindo ao parceiro focar-se estritamente na entrega qualificada de seus serviços de gerenciamento de segurança”, afirma João Ramos, gerente de Canais da Dell Security no Brasil.

No ano passado, a Dell fez 51% das suas vendas através de parceiros na América Latina, um marco histórico para a companhia, que até sete anos atrás tinha a grande maioria das vendas feita diretamente.

No Brasil, onde pelo tamanho do mercado e a fabricação local os PCs vendidos para consumidores finais no varejo são contabilizados como venda direta, a cifra das vendas totais indiretas fica mais modesta, na faixa dos 30%.

De qualquer forma, o mais significativo é que nas linhas de produto corporativos, nas quais os parceiros agregam mais valor, a cifra também foi alta: 47% nas chamadas Enterprise Solutions, onde estão as linhas de servidores, armazenagem e redes.

No Brasil, a empresa tem 240 parceiros, distribuídos em 80 no nível mais alto, 120 no nível intermediário e 50 no de entrada. Além disso, a companhia tem um batalhão de 1,2 mil revendedores trabalhando atrás de distribuidores.