UFRGS foi um dos grandes contratos da Tecnoset no semestre. Foto: divulgação.

O setor público da região Sul impulsionou os ganhos da Tecnoset no primeiro semestre de 2012, quando a companhia teve receita de R$ 52 milhões, alta de 15,1% ano/ano.

Das três unidades de negócios - Networking & Security, BPO e Printing Services -, a última foi a que mais cresceu, com alta de 39,3% alavancada por projetos nas Universidades Federais do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, além do Triângulo Mineiro.

No setor corporativo, esta divisão também teve aumento de 5,2%, com a conquista de novos clientes como Seconci, FTD Editora, SER Educacional, Unimed Paulistana, Unimed Recife e COOP Rhodia.
 
Na área de Networking & Security, a companhia cresceu 18%, com a força de projetos em parceria com a Cisco, especialmente no interior de São Paulo.
 
Já a unidade BPO Document Solutions, que compreende oferta de gestão documental, software para ECM, GED e Document Imaging, é a mais recente investida da companhia, e a previsão é que encerre o ano com fatia de 5% no faturamento geral.

Conforme o diretor da empresa, Paulo Schimenes, o faturamento global esperado para 2012 é de R$ 120 milhões, o que significará incremento de cerca de 20% em relação ao ano passado.

“Nossa meta é estar entre as maiores prestadoras de serviço de TI no Brasil”, finaliza Paulo Fodor, diretor de Marketing da empresa.
 
Com mais de 370 profissionais em seu time, a Tecnoset tem sede em São Paulo e filiais em Campinas, Fortaleza e Recife, além de centros de apoio logístico em todo o país.