PROVÍNCIA DE SANTA FÉ

NEC: US$ 10 mi em vigilância na Argentina

13/09/2013 15:07

Projeto inclui centros de comando e controle, 600 câmeras e uma rede de dados para múltiplos serviços.

Rosário, na província de Santa Fé, é um dos focos do contrato. Foto: Flickr.com/fanpop

Tamanho da fonte: -A+A

A NEC Argentina, subsidiária da japonesa NEC Corporation, foi selecionada pelo governo da Província de Santa Fé para fornecer, instalar e operar um sistema de vigilância urbana para as cidades e áreas metropolitanas de Santa Fé e Rosário, em contrato de mais de US$ 10 milhões.

O projeto inclui centros de comando e controle, 600 câmeras e uma rede de dados para múltiplos serviços.

Segundo Carlos Martinangeli, presidente e CEO da NEC para a America Latina, as câmeras serão instaladas em 254 pontos de monitoramento dentro das cidades.

Os dados colhidos por vídeo são integrados em centros de segurança localizados em cada cidade, equipados com videowall e mais de 70 estações de monitoramento.

O trabalho abrange, ainda, implantação de uma rede de dados multi serviço, formada por 200 quilômetros de fibra óptica e sistemas sem fio, e expansão do backbone metropolitano da região de Santa Fé, com provisão e construção de um cabo de fibra óptica de 70 quilômetros, integrando mais de 50 instalações públicas para a rede governamental.

A NEC também irá fornecer uma nuvem privada com processamento e capacidade de armazenamento para todas as câmeras, com retenção online de vídeo de alta qualidade (700 TB) por 45 dias.

Duas salas de análise de situação, equipadas com monitores e plataformas de comunicação para facilitar a gestão de crises, integração de sistemas de videovigilância com a plataforma de emergência 911 já existente nas localidades, e sistema de reconhecimento de placas automotivas, com 78 pontos de monitoramento, também fazem parte do projeto.

Na América Latina, a NEC oferece soluções de comunicações e TI para operadoras, empresas e governo.

A empresa também desenvolve na região soluções de imagem, cidades inteligentes e segurança integrada.

Veja também

MONITORAMENTO
Maringá é smart city com NEC

Prefeitura contratou sistema de gestão de segurança e monitoramento urbano e projeta evolução em VoIP.

EM NOVA YORK
POA concorre a prêmio Smart City da IBM

Capital gaúcha concorre com o desafio  “Cidade Cognitiva”, e vencedores terão software proposto criado pela fabricante.

Indra e NEC lançam escritório remoto

A Indra, empresas de TI da Europa e da América Latina, e a Nec Corporation, provedora em telecomunicações e serviços de TI, anunciaram o lançamento de uma solução cloud  focada em gestão de usuários, que permite virtualizar postos de trabalho ajustados às necessidades de empresas e com o menor investimento.

NEC quer crescer 30% no BR com a Copa

Executivos da NEC revelaram à agência Bloomberg que planejam um crescimento de 30% nas vendas do mercado brasileiro com os preparativos para a Copa do Mundo (21014) e as Olimpíadas (2016).

“Nossa área de desenvolvimento fornecerá produtos para o setor de infra-estrutura básica no país, nas esferas pública e privada”, disse Herberto Yamamuro, diretor-executivo da unidade brasileira da NEC, nessa segunda-feira, 04.

NEC abre no Brasil nova sede para AL

A NEC inaugura no Brasil uma nova sede regional na América Latina, dentro de uma estratégia global de regionalização que abrange cinco principais localidades: Ásia-Pacífico, China, EMEA, América do Norte e AL, além do país-sede, Japão.

Nomeada NEC Latin America, a nova regional terá como CEO Tadashi Ugajin, que desde 2009 ocupava a vice-presidência das operações internacionais e foi o idealizador do projeto de regionalização.

SMART CITY
IBM e Porto Alegre: agora sai casório?

Presidente da multi se reuniu com o prefeito José Fortunati para apresentar soluções da linha Smarter Cities da companhia. Prenúncio de noivado para o namoro que a empresa e a cidade vêm cultivando desde 2011?

PORTO ALEGRE
Começa o IBM Smarter Cities

Prefeitura de Porto Alegre, IBM e Citibank iniciam evento que vai até 25 de abril, com oito executivos globais – seis deles da IBM e dois do Citi –trabalhando  junto à Secretaria Municipal de Governança Local.