Laércio Cosentino, presidente da Totvs. Foto: Baguete

O BNDES liberou um financiamento de R$ 658 milhões para a Totvs.

Foi o maior aporte já contratado pela empresa junto ao banco. Até agora, o mais volumoso havia sido feito em 2008, no valor de R$ 404,5 milhões, para compra da Datasul.

Segundo fato relevante divulgado pela companhia nesta sexta-feira, 13, o novo empréstimo tem prazo de amortização de 72 meses, incluindo carência de 24 meses sobre o montante principal.

Ainda conforme a nota da companhia, o crédito será aplicado de três formas.

Um montante de R$ 596,8 milhões será utilizado entre 2013 e 2015 na “promoção da evolução das soluções ofertadas pela Totvs, no âmbito do Programa BNDES para o Desenvolvimento da Indústria Nacional de Software e Serviços de Tecnologia da Informação - BNDES Prosoft”.

Já outros R$ 58,4 milhões irão para o desenvolvimento do Fluig, plataforma de gestão unificada de processos, documentos e identidades que pode ser integrada a qualquer ERP ou sistema legado e foi lançada pela empresa há três meses.

O investimento no Fluig entra no Programa BNDES de Sustentação do Investimento (PSI) - Subprograma Inovação e Máquinas e Equipamentos Eficientes.

Por fim, R$ 3,3 milhões serão usados em projetos de âmbito social não detalhados pela companhia.

O BNDES possui longo histórico de relacionamento com a Totvs. Em 2005, a BNDESPar se tornou acionista da empresa, e a participação no capital deu base para aquisição da Logocenter, primeira compra de porte realizada pela companhia.

Em 2008, veio o já comentado aporte do banco para a fusão com a Datasul, então a segunda maior do país no segmento de aplicativos.

Atualmente, a BNDESPar detém 4,6% das ações ordinárias da fabricante paulista de sistemas de gestão.

No segundo trimestre de 2013, a Totvs teve receita líquida de R$ 395,5 milhões, alta de 15,8% sobre o mesmo período do ano anterior.

De acordo com o presidente da empresa, Laércio Cosentino, o lucro líquido registrou aumento de 14,3% no trimestre, em relação ao mesmo período de 2012, somando R$ 54 milhões.