MPT.BR foca em qualidade de testes. Foto: Pixabay.

A X-Testing, companhia de Salvador especializada em teste de software, acaba de ser certificada no modelo de qualidade de testes MPT.BR, passando do nível  3 para o nível 4.

Com o novo selo, a X-Testing fica próximo do índice máximo de 5 e já tem o maior nível de certificação de teste de software entre as empresas do Nordeste. A primeira certificação foi em 2013.

“O nível 4 nos permitirá medir a nossa produtividade, medir a qualidade das entregas e a partir daí marcar objetivos de melhora que vamos compartilhar com nossos clientes”, explica Juan Ferrer, diretor executivo da X-Testing.

O selo Melhoria do Processo de Testes de Software – MPT.BR foi desenvolvido pela Softex Recife em parceria com a Riosoft, outro agente Softex regional.

Assim como o selo MPS.BR fez em relação ao desenvolvimento do software como um todo, adaptando normas internacionais como o TMMI a ISO 15.504 em um sistema mais acessível para empresas brasileiras.

Até o momento, 62 empresas já foram avaliadas em algum nível do MPT.BR e 26 tem o selo ativo.

Ao todo, existem hoje no país 277 avaliações válidas do MPS.BR.