Baguete
InícioNotícias> Ajinomoto adota Check Point

Tamanho da fonte:-A+A

SECURITY4IT

Ajinomoto adota Check Point

Júlia Merker
// quarta, 13/09/2017 12:48

A Ajinomoto contratou a Security4IT para identificação de ameaças e proteção de seu sistema de negócios

A Ajinomoto contratou a Security4IT para a proteção de seu sistema de negócios. Foto: Divulgação.

O acordo incluiu a atualização do sistema de Firewall e VPN da Ajinomoto do Brasil, além da adoção das soluções de proteção da Check Point, com filtro de navegação web, controle de aplicações, antivírus, anti-bot, IPS, DLP e threat emulation.

"Estava claro que deveríamos investir em uma solução robusta, com alta disponibilidade e capaz de identificar estas ameaças que poderiam impactar a Ajinomoto do Brasil de várias formas. Buscamos soluções que atendessem às nossas expectativas de proteção e fossem gerenciadas por um parceiro especializado capaz de entregar o nível de qualidade necessário", afirma Alexandre Telles, gerente de TI da Ajinomoto do Brasil.

Com o contrato, a Security4IT fica responsável pela a administração do ambiente de Segurança da Informação da Ajinomoto do Brasil, distribuindo as atividades entre serviços gerenciados de segurança (MSS) e o centro de operações de segurança (SOC). 

A plataforma da Check Point permite gerenciar várias camadas de segurança, correlacionando incidentes e gerando alertas e relatórios. O console único de gerenciamento tem o objetivo de reduzir a complexidade da gestão do ambiente e a visibilidade total da rede.

"Ficamos muito satisfeitos em contribuir com a Ajinomoto do Brasil para proteção contra ameaças avançadas. Casos recentes de vazamento e sequestro de dados, ocorridos em todo planeta, como os ataques WannaCry e Petya, chamam a atenção para a necessidade de um nível mais robusto de proteção digita", comenta Fabio Maeji Amaro, diretor comercial e co-fundador da Security4IT.

Presente no Brasil desde 1956, a Ajinomoto do Brasil é a terceira unidade mais importante do Grupo Ajinomoto fora do Japão, atrás apenas da Tailândia e dos Estados Unidos. 

Com quatro unidades fabris em São Paulo, nas cidades de Limeira, Laranjal Paulista, Valparaíso e Pederneiras, a companhia tem sede administrativa na capital e soma 3 mil funcionários. O

Grupo Ajinomoto obteve um faturamento global de US$ 9,2 bilhões e nacional de R$ 2,3 bilhões no ano fiscal de 2016. Atualmente, opera em 22 países, possui 118 fábricas e cerca de 33 mil funcionários em todo o mundo. 

Já a Security4IT contabilizou R$ 7,7 milhões em volume de vendas no ano passado. Para 2017, a empresa projeta uma expansão de 15%.

Júlia Merker