Banco francês terá pagamento via Twitter. Foto: divulgação.

O Groupe BPCE, um dos maiores bancos da França, anunciou uma parceria com o Twitter esta semana para permitir que seus clientes transfiram dinheiro via tuítes.

Segundo destaca a Reuters, a instituição, segundo maior banco francês em número de clientes, a novidade, chamada de S-Money, permitirá simples transferências de dinheiro entre pessoas via Twitter para clientes da França, independentemente do banco que usarem, e sem exigir que o remetente saiba os detalhes bancários do destinatário.

"A S-Money oferece a usuários do Twitter na França uma nova maneira para que usuários do Twitter na França enviem dinheiro uns aos outros, independentemente de seus bancos e sem ter que inserir os detalhes bancários do beneficiário, com um simples tuíte", disse em comunicado o presidente-executivo da S-Money.

Os pagamentos via tuítes serão administrados pelo serviço S-Money do banco, que também permite transferências de dinheiro através de mensagens de texto e usa os padrões de segurança de dados da indústria de cartões de crédito.

A novidade coincide com a investida do próprio Twitter no mundo de pagamentos online, uma aposta da companhia para buscar novas fontes de receita além de publicidade.

Ao entrar no mercado de pagamentos, o Twitter entra na briga lado a lado com outras empresas de tecnologia como Apple e o Facebook, que recentemente também anunciaram parcerias com operadoras de cartões. No caso da Apple, a empresa chegou ao ponto de criar uma tecnologia própria de pagamentos eletrônicos, o Apple Pay.

No mês passado, o Twitter começou os testes de seu próprio novo serviço, chamado de "Twitter Buy", que permite que consumidores encontrem e comprem produtos na rede social.