Hoff vende e recapeia pneus. Foto: Shutterstock

A Fusion, consultoria SAP de Porto Alegre, será a responsável pela migração do sistema de gestão Datasul da a Hoff, empresa gaúcha especializada em recapagem e venda de pneus novos para caminhões, para o S/4, última versão do ERP da multinacional alemã.

A companhia já havia vendido as licenças do software, em um negócio divulgado pelo Baguete em julho.

“A dedicação da Fusion ao projeto da Hoff foi total desde o início e hoje podemos afirmar que, mais do que fornecedores, temos parceiros de negócio. A expectativa é atingirmos os objetivos previstos para o projeto dentro do cronograma e orçamento pré-estabelecidos”, afirma Téssalo Hoff, controller da Hoff.

De acordo com Hoff, o objetivo é diminuir o número de customizações que foram feitas no Datasul e implantar o quanto for possível dos processos do S/4.

O plano da companhia é fazer um levantamento de processos e o blue print do projeto neste ano, para fazer o go-live ao redor de abril ou maio do ano que vem.

A Fusion já está à frente de projetos com a tecnologia no Grêmio e IRB. O projeto da Hoff, no entanto, tem características diferentes que abrem novas possibilidades de mercado para a companhia.

O IRB domina o mercado de resseguros no Brasil, um mercado de bilhões de reais. O projeto do Grêmio com Hana é focado em desempenho de jogadores, uma iniciativa com alta visibilidade pelo perfil do cliente, mas que não representa necessariamente a abertura de um grande mercado.

A Hoff, por outro lado, é uma empresa de médio porte, com 540 funcionários e faturamento previsto de R$ 200 milhões neste ano, um perfil único na base de clientes divulgados do S/4 composto quase na totalidade por grandes organizações como Grupo Bom Jesus e Diagnósticos da América S.A (Dasa).

O perfil mostra que o S/4 pode ser viável para empresas de médio porte, apesar de rodar exclusivamente sobre o banco de dados em memória Hana.  

Segundo a reportagem do Baguete pode averiguar com fontes de mercado, a SAP está fazendo um esforço comercial para promover o novo software, concedendo descontos agressivos.

A Fusion pode estar se posicionando para aproveitar essa oportunidade no mercado de médias empresas.