SEGURANÇA

Kaspersky terá centro de transparência em São Paulo

13/11/2019 17:34

 A instalação será a quarta da empresa dedicada à revisão de código.

Claudio Martinelli, diretor-executivo da Kaspersky na América Latina. Foto: Felipe Escobar.

Tamanho da fonte: -A+A

A Kaspersky vai inaugurar em janeiro de 2020 seu primeiro Centro de Transparência na América Latina. A instalação, que será a quarta da empresa dedicada à revisão de código, será aberta em São Paulo.

O centro faz parte da Iniciativa Global de Transparência da empresa. 

Assim como nas unidades em Zurique, Madri e Cyberjaya (Malásia), o novo centro de São Paulo proporcionará a entidades governamentais, parceiros, clientes atuais e em potencial a oportunidade de analisar o código-fonte, atualizações de software e regras de detecção de ameaças da Kaspersky.

Em todos os Centros de Transparência, a empresa oferece a oportunidade de compilar seu software a partir do código-fonte e compará-lo com aquele disponível ao público. 

Os interessados também podem solicitar a revisão das soluções e serviços da empresa, incluindo análise de ameaças, revisão segura e o processo de teste de segurança de aplicativos.

A nova instalação também provê informações sobre as práticas de engenharia e processamento de dados da Kaspersky. Na unidade será possível analisar todas as versões dos builds e atualizações dos bancos de dados da empresa, assim como as informações que a empresa processa, como os feeds de dados de seus produtos que são enviados para a Kaspersky Security Network (KSN), um sistema na nuvem que processa automaticamente dados relacionados a ameaças cibernéticas.

"Desde a inauguração do primeiro Centro de Transparência em Zurique, em 2018, a América Latina esteve entre as primeiras regiões a abraçar a Iniciativa Global de Transparência da empresa. Representantes de várias instituições governamentais latino-americanas estiveram entre os primeiros que revisaram o código da companhia e reconfirmaram sua confiança em nossas soluções", afirma Claudio Martinelli, diretor-executivo da Kaspersky na América Latina. 

O anúncio foi feito no Paris Peace Forum 2019 , a segunda edição de um evento global que a Kaspersky apoiou. No evento, a empresa informou ainda que está transferindo o processamento dos dados de clientes dos Estados Unidos e do Canadá para a Suíça. 

Ainda como parte da Iniciativa Global de Transparência Global, a companhia está adaptando sua infraestrutura de armazenamento e processamento de dados, migrando os processos centrais da Rússia para a Suíça, iniciativa que começou com os usuários europeus em 2018. 

Veja também

AMÉRICA LATINA
El Pescador contrata diretor de vendas

O executivo deve atuar na implementação do programa de canais da KnowBe4 no Brasil. 

CARREIRA
Kaspersky tem nova gerente de canais corporativos

Débora Gallucci atuou na Symantec entre 2009 e 2015.

EQUIPE
Buysoft contrata gerente para Autodesk

Rafael Streda foi Technical Sales Specialist Autodesk da PARS. 

VERTICAL
Buysoft reforça negócio Adobe

Empresa paranaense contratou Fabiana Go, uma referência em Adobe no país.

CARREIRA
ESET tem novo country manager

Carlos Baleeiro Júnior assume o lugar de de Camillo Di Jorge, que foi para a ESET da América do Norte.

EDUCAÇÃO
Centro Paula Souza: Kaspersky para segurança

A implantação foi feita com apoio da Brasoftware.

RESULTADO
Buysoft cresce 82% em 2018

A empresa registrou faturamento de R$ 34 milhões.

COTIDIANO
Seus colegas olham pornô no trabalho

Pesquisa da Kaspersky Lab revela hábitos dos profissionais brasileiros.

BIM
Arapongas adota Autodesk com Buysoft

O objetivo é trabalhar com a metodologia BIM a partir de produtos como Revit, Navisworks e InfraWorks.

EDUCAÇÃO
Eleva adota Kaspersky com Buysoft

O grupo educacional é cliente Buysoft desde 2014 com soluções Microsoft e Adobe.