Entre os produtos fabricados pela Vuelo está a Membracel. Foto: Divulgação.

A Vuelo Pharma, indústria que atua no desenvolvimento de produtos biotecnológicos para saúde, adotou o software de gestão SAP Business One em um projeto desenvolvido pela  SB1, empresa do SPRO Group.

O processo de implementação foi realizado em três meses, com início do uso do sistema em agosto.

Marcelo Leal diretor Comercial da SB1, afirma que o SAP Businnes One proporciona para a Vuelo melhor planejamento e controle dos processos empresariais. 

"Dessa forma, as informações deixam de ser manuais e passam a ser integradas e automatizadas", explica.

A ferramenta integra desde as áreas de contabilidade, vendas e atendimento até a gestão da cadeia de suprimentos, compras e produção. 

Para gerar mais flexibilidade à equipe de vendas, o SAP Business One foi disponibilizado nas plataformas mobile. Assim, os pedidos gerados pela equipe de vendas são notificados ao departamento responsável.

A Vuelo, que atua em todo território brasileiro, nos Estados Unidos e no México, passa por um momento de expansão focado no mercado sul-americano.

Entre os produtos fabricados pela empresa está a Membracel, uma membrana a base de celulose que atua na regeneração da pele. O curativo é direcionado para queimaduras, úlceras, feridas causadas por epidermólise bolhosa e lesões diversas na pele. 

A SB1 faz parte do SPRO Group e tem como foco principal a venda de licenças de usos e serviços SAP para pequenas e médias empresas. 

O grupo SPRO é composto também pelas seguintes empresas: SPRO IT Solutions, parceria da SAP; E-Aware Technologies, para desenvolvimento de tecnologias de sensoriamento remoto em tempo real; SMA, com sistemas de gestão focados em produtores rurais; B2k, que trabalha com estação meteorológica, telemetria e agricultura de precisão; e VexPro, que atua com desenvolvimento de apps, portais corporativos e soluções em nuvem.

A SPRO IT Solutions é uma parceria da SAP com filiais em Joinville e São Paulo. A empresa atende a cooperativas como C.Vale, Coopercitrus e Agrária, além de empresas como BRF, Cofco Agri, Philip Morris, Porto Itapoá, Multilog, Votorantim, entre outras.