Campus da UFSC. Foto: divulgação.

A UFSC contratou a paraenense Horus para fazer uma atualização do seu software gerenciador de banco de dados, que ainda estava na versão 12.5.3 do Sybase, para o SAP Adaptive Server Enterprise 16.0 SP02 PL03.

A universidade federal catarinense rodava Sybase a mais de uma década. Depois da aquisição da companhia pela SAP, em 2010, a versão do software usada na instituição foi descontinuada, complicando o suporte. 

Com a atualização, a UFSC teve uma redução de aproximadamente 75% do consumo de I/O lógico e 92% de I/O físico, o que se traduz em uma melhora no tempo de resposta aos usuários dos sistemas. 

O novo banco de dados utiliza tamanho de página 8 vezes maior, utilizando métodos de otimização in-row para dados do tipo LOBs. Um dos desafios peculiares do projeto foi a reestruturação do tamanho das páginas de armazenamento, passando de 2KB para 16KB.

Segundo Bruno Amattos, diretor do Departamento de Tecnologia da Informação e Redes – DTR, além do banco de dados, a plataforma do servidor também estava defasada, o que comprometia ainda mais o desempenho. 

O novo software, foi instalado em um servidor utilizando tecnologia de virtualização, permitindo um caminho muito mais simples de expansão, atualização, manutenção e migração da solução.

A Horus está acostumada a esse tipo de projetos. No ano passado. migrou o sofware de banco de dados da USP da versão SAP ASE 12.5.3 para a versão SAP ASE 15.7.

Há 20 anos no mercado, a Horus Solutions é especializada em soluções de information management e business analytics. A companhia é parceira de marcas como SAP, IBM, Oracle, Microsoft e Dell.

A companhia registrou um crescimento de 56% em 2015, atingindo um faturamento de R$ 8,9 milhões. Para 2016, a expectativa da companhia é ter uma alta de 20% na receita.