Uso do QR Code para transações financeiras é um assunto que está em alta. Foto: divulgação.

O Sicoob, sistema formado por cooperativas de crédito, anunciou o lançamento de pagamento via QR Code para o primeiro semestre de 2020.

A solução, batizada de SicoobPay, permitirá pagamentos sem o uso de cartão, com linhas de crédito e possibilidade de parcelar compras.

Criada internamente em três meses, por equipes de TI e de negócios, a novidade tem base nos padrões estabelecidos pela EMV.

O padrão foi definido pelo Banco Central do Brasil, que desenvolve um projeto de pagamentos instantâneos com um grupo técnico do qual o Sicoob faz parte.

Toda a solução está embarcada no aplicativo Sicoob, principal canal de relacionamento na instituição e utilizado por quase três milhões de pessoas. 

"O grande desafio será manter a solução disponível durante todo o ano, 24h por dia, sete dias da semana. Já iniciamos os testes e brevemente a solução será disponibilizada para toda a rede Sicoob", informa Antônio Vilaça Junior, diretor de tecnologia do Sicoob.

Inicialmente, apenas correntistas da instituição poderão utilizar o SicoobPay para efetuar pagamentos.

O cooperado terá três opções: pagamento com saldo em conta corrente, crédito pré-aprovado sem juros com pagamento em até 20 dias e crédito parcelado com juros, que prometem ser abaixo do que é praticado pelo mercado e por outros meios de pagamento. 

"Criamos um modelo de negócio que conecta diretamente os pagadores e recebedores, sem intermediários, unindo a oferta justa e automatizada de crédito, o pagamento instantâneo e o uso do QR Code para efetivação da transação", afirma Henrique Vilares, presidente do Conselho de Administração do Sicoob.

Segundo a instituição, uma operação com cartão de crédito custa, em média, 2,41% para o empresário. 

Com o SicoobPay, esse valor deve cair para 0,8% e 0,6% para as empresas que também ofereçam o pagamento por meio da Sipag, a máquina de cartões do Sicoob. O recurso será disponibilizado ao recebedor instantaneamente. 

As empresas que quiserem utilizar o SicoobPay não precisam, obrigatoriamente, ser correntistas da instituição, mas a funcionalidade apresenta vantagens para os cooperados.

Entre elas, segundo a instituição, estão o prazo mais ágil para recebimento e custo menor. 

O cadastro para utilização da solução será feito diretamente no aplicativo do Sicoob, com aprovação imediata para iniciar o recebimento.

A ferramenta também permitirá aos cooperados fazerem saques em estabelecimentos comerciais.

A ideia é que comércios com grande volume de dinheiro no fluxo de caixa sejam remunerados por transação para permitirem saque por meio do aplicativo. 

Segundo o Sicoob, o percentual do repasse ainda está sendo estudado.

O uso do QR Code para transações financeiras é um assunto que está em alta. 

Neste mês, o Banco original lançou o saque via QR Code, com o uso do aplicativo e retirada do dinheiro nos caixas eletrônicos do Banco24Horas.

Já o Itaú lançou em maio o Iti, aplicativo de pagamento via QR Code que dispensa o uso de máquina e cartão físico.

A EMV é um consórcio internacional formado por American Express, Discover, JCB, MasterCard, Union Pay e Visa.

Apoiado por dezenas de bancos e processadoras, ele é responsável por estabelecer padrões internacionais na indústria de pagamentos.

O Sicoob afirma ser o maior sistema financeiro cooperativo do país, com mais de 4,5 milhões de cooperados e atuação em todos os estados do Brasil. 

São mais de 2,9 mil pontos de atendimento em mais de 1,7 mil municípios e 42% de patrimônio líquido.