Precisando duma forcinha para crescer? O Startup SC ajuda. Foto: Flickr.com/ameriswede

O Sebrae-SC e a Secretaria de Desenvolvimento Econômico Sustentável do estado lançam nesta segunda-feira, 14, o projeto Desenvolvimento e Fortalecimento das Startups Catarinenses – Startup SC, que oferece capacitações gratuitas para empreendedores.

Os cursos têm duração de quatro meses e são voltados tanto aos que queiram montar uma startup, quanto aos que já têm uma empresa criada, focados em metodologias como Lean Startup, BM Canvas, Métricas, Customer Development e Valuation.

Os interessados nos treinamentos podem se inscrever até 15 de março pelo site oficial.

Serão selecionadas 20 empresas para primeira turma, que serão conhecidas em 1º de abril.

Além do programa de qualificação, o Startup SC também terá um calendário de atividades de fomento que tem seu primeiro evento marcado para 22 a 24 de março, Startup Weekend Florianópolis.

O evento irá reunir webdesigners, programadores, profissionais de marketing e de gestão com o desafio de criar novas startups em 54 horas, com a ajuda de “mentores” especializados em diversos ramos.

O Startup Weekend já foi realizado em 95 países e culminou na criação de mais de 400 startups.

Para participar do evento em Florianópolis, os interessados podem se inscrever pelo site, ao custo de R$ 70 por pessoa, o que inclui ingresso, sete refeições, coffee-break e mentoria.

O projeto catarinense também conta com grupos de discussão na web.

No fim do ano, uma comissão irá eleger as melhores startups do programa para participar de uma missão ao Vale do Silício, nos Estados Unidos, e do Sebrae Startup Day, programa no qual os empreendedores apresentarão seus projetos a investidores.

A IDEIA
O Startup SC nasceu de uma pesquisa do Sebrae-SC com mais de 150 startups do estado, na qual foram levantadas as principais demandas das companhias.

“O projeto considera startup um grupo de pessoas (empresas de pequeno porte, recém-criadas ou ainda em fase de constituição) à procura de um modelo de negócios repetível e escalável”, explica Alexandre Souza, gestor da iniciativa.

A Aceleradora, organização mineira de apoio a startups com gestão e capital semente que já formou mais de 200 startups e capacitou mais de 500 empreendedores, contando com mais de 30 fundos de investimento cadastrados em todo o mundo, também participou do projeto.

"Ajudamos o Sebrae-SC a formatar a metodologia e didática do Startup SC com as boas práticas usadas na Aceleradora”, conta Yuri Gitahy, fundador da Aceleradora.