Portões verificam cartão de embarque através do código de barras. Foto: divulgação.

A Fraport Brasil, administradora alemã de aeroportos, adotou a tecnologia de processamento de passageiros da SITA, multinacional de TI especializada na aviação, nos dois terminais que administra no país.

Nos aeroportos de Fortaleza e Porto Alegre, foram instalados portões de autoatendimento com uma entrada automatizada para verificação do cartão de embarque através do código de barras.

O projeto tem um total de 26 portões de autoatendimento, sendo 14 no aeroporto de Fortaleza e 12 no aeroporto de Porto Alegre.

Com a tecnologia, a estimativa da empresa é reduzir as filas e tornar o processo quatro vezes mais eficiente.

“Uma parte significativa de nossa missão é investir em infraestrutura para transformar a experiência do passageiro e tornar as operações altamente eficientes nesses dois aeroportos. Para tal, precisamos fornecer automação no maior número possível de pontos de contato”, ressalta Andreea Pal, CEO da Fraport Brasil.

Segundo a SITA, a solução permite verificações seguras dos sistemas aeroportuários e gerencia a integração de hardware e software de terceiros com a infraestrutura de TI existente do aeroporto.

“Não há dúvida de que os passageiros desejam automação, porque isso torna sua jornada pelo aeroporto muito mais suave. E, como elimina a necessidade de verificações manuais em todas as etapas da jornada, é mais preciso fazendo um uso mais eficiente dos recursos do aeroporto”, afirma Elbson Quadros, vice-presidente da SITA para a América Latina.

Fundada em 1949, como cooperativa, a Sita foi o resultado de uma aliança formada por 11 companhias aéreas. A empresa suíça está presente em 197 países e conta com 4,7 mil funcionários.

Além do processamento de passageiros, suas soluções abrangem operações aeroportuárias, bagagem, gerenciamento de fronteiras e comunicação de aeronaves. 

Já a Fraport AG atua em cerca de 30 aeroportos, incluindo o de Frankfurt, o maior da Alemanha e um dos centros mais importantes do sistema de transporte aéreo internacional. 

No início de 2018, a Fraport Brasil iniciou suas concessões para gerenciar e desenvolver os aeroportos de Fortaleza e Porto Alegre por 30 e 25 anos, respectivamente. 

Além dos dois aeroportos, esse tipo de tecnologia existe nos terminais de Florianópolis, Guarulhos e Galeão, administrados por outras empresas.