Celso Sato, presidente da Accesstage. Foto: divulgação.

A paulista Accesstage, fornecedora de soluções para intercâmbio de dados financeiros, fechou 2012 com um faturamento de mais de R$ 50 milhões, segundo dados divulgados pela companhia.

Além disso, a base de clientes ativos da empresa também cresceu, passando de 75 mil para 82 mil em dezembro do ano passado, aumentando a quantidade de transações passou de 250 milhões para 350 milhões no fim de 2012.

Sudeste (43%) e Sul (29%) foram as regiões responsáveis pelos maiores volumes da empresa, que fornece soluções de BPO, Portal de Serviços, a|s Cartões, Boleto Eletrônico, Gateway de Pagamentos e e-commerce

Em relação aos produtos, as famílias de soluções de cobrança (boleto eletrônico e cobrança off-line), pagamentos (conciliador e autorizador de pagamentos, capturas/varredura de boletos, Débito Direto Autorizado (DDA) e o Way to Pay (e-commerce) foram os de maior procura no ano.

Entre os fatores que mais contribuíram para o desempenho positivo da Accesstage em 2012 estão o lançamento de novos serviços e soluções, como o Way to Pay, além de investimentos em qualificação, reciclagem e treinamento dos colaboradores de todas as áreas da companhia.

Ainda no ano passado, a Accesstage tornou-se a primeira empresa do segmento a receber a certificação Payment Card Industry – Data Security Standard (PCI-DSS), entregue pelo PCI Security Standards Council, fórum global criado pelas bandeiras de cartão de crédito Visa, Mastercard e American Express, entre outras.

Para 2013, a Accesstage continua otimista, segundo destaca o presidente da companhia, Celso Sato, e deve aumentar a base de clientes conectados, que chega a 80 mil.

“Esperamos manter um forte ritmo e crescer 25% em 2013. Está em nossos planos mais que dobrar a nossa presença em canais regionais de todo o país e passar a oferecer nossas soluções tecnológicas em outros países”, afirma Celso Sato, presidente da Accesstage.

CASE

Um dos projetos da Accesstage em 2012 foi com a ThyssenKrupp Elevadores, que adotou um sistema unificado de comunicação de dados com os bancos, em uma plataforma webservice fornecida pela empresa.

A solução centraliza num único ambiente tarefas como a conciliação de extratos, pagamento a fornecedores, Débito Direto Autorizado (DDA), créditos da folha de pagamentos, cobrança, arrecadação e depósito identificado.

Com isso, a comunicação entre os servidores da ThyssenKrupp e os das instituições financeiras passa a ser mais dinâmica e segura, eliminando a necessidade de participação humana no processo.