Jesus Garcia. Foto: divulgação.

A Livraria Cultura contará com Jesus Garcia, ex-Netshoes, como o novo CIO da varejista, com a saída de Joaquim Dias Garcia, que deixará a empresa na próxima semana.

O executivo, que atuava desde 2012 como o diretor de TI da Netshoes e saiu em janeiro deste ano, deverá empregar na companhia o conhecimento de e-commerce trabalhado em seus dois últimos empregos: além da Netshoes, o executivo teve uma experiência de dois anos como CIO na Multiplus.

No comando da TI da Netshoes, Garcia esteve à frente de diversos projetos de tecnologia da empresa. Um dos mais recentes foi o investimento em soluções Endpoint Protection da Symantec para proteger notebooks, smartphones e tablets de gestores e executivos da empresa.

Um dos desafios de Jesus Garcia à frente da operação de TI da Livraria Cultura será de manter a relevância da plataforma de vendas digitais da empresa, frente à chegada agressiva de concorrentes como a Amazon, que já vende livros por meio digital de físico.

Com a experiência na TI empresas como Multiplus e TAM, Garcia também tem experiência de levar a um novo patamar os já existentes programas de fidelização que a companhia possui com seus clientes.

Uma das investidas da Livraria Cultura para não ficar atrás no mercado de livros digitais foi a parceria com a marca asiática Kobo, uma das rivais do Kindle. A empresa se tornou a representantes nacional da marca, vendendo os e-readers da companhia em suas lojas.

Atualmente a Livraria Cultura está em um processo de expansão de sua rede física, com previsão de abertura de novas lojas em diversas capitais do país - neste processo, Porto Alegre receberá sua segunda filial da rede.

Com cerca de 18 lojas no território nacional, além de sua operação online, a Livraria Cultura registrou em 2013 um faturamento de R$ 450 milhões, um crescimento de 10% sobre o que contabilizou no ano anterior.

No mercado de livrarias, a Cultura só perde para a Saraiva, que também conta com operação online e um número maior de lojas no país, faturando cerca de R$ 2 bilhões ao ano.