HSBC com solução multiplataforma da Vasco. Foto: divulgação.

O HSBC Brasil está disponibilizando o DigiPass for Mobile da Vasco Data Security, multinacional no setor de segurança e autenticação, expandindo a sua oferta de serviços online para clientes pessoa física e jurídica.

Atualmente, cerca de 90 mil correntistas utilizam seus aparelhos celulares para acesso integrado a todos os canais de autoatendimento do banco para a realização de transações financeiras.

Desta forma, o HSBC se torna a primeira e única instituição financeira do mundo a integrar totalmente os acessos móveis para Internet Banking, Mobile, Contact Center, ATM´s e e-commerce, segundo afirma a Vasco.

Ao baixar o aplicativo em seu dispositivo móvel, o cliente pode gerar senhas de uso único - OTP (one-time password). A cada acesso, uma senha dinâmica é gerada e, como consequência, só pode ser utilizada uma única vez.

Com a solução, segundo destaca o banco, o cliente não necessita lembrar múltiplas senhas com diferentes formatos e tamanhos para confirmar e interagir com diferentes canais.

Adicionalmente, o cliente pode ligar para o Contact Centre do HSBC somente clicando uma tecla. Automaticamente, a aplicação verifica as credenciais do correntista, realiza a ligação telefônica e executa os procedimentos de segurança (identificação e senha) sem interação humana.

De acordo com Marcello Veronese, diretor de Canais Digitais do HSBC, a adoção desta versão ampliada e aprimorada do DIGIPASS for Mobile é resultado de mais de cinco anos de pesquisa e desenvolvimento.

"É uma vantagem significativa para o mercado brasileiro no qual os cartões com suas senhas estáticas ainda são largamente utilizados”, acrescenta.

De acordo com pesquisa realizada pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban), em 2011, os prejuízos causados por ataques a canais eletrônicos de atendimento ao cliente somaram R$ 1,5 bilhão de prejuízos aos bancos brasileiros.

No Brasil, mais de 90% das transações bancárias são realizadas por meio de canais de autoatendimento e, para os bancos, incrementar a segurança desse ambiente tem sido um investimento prioritário.