FEIRA INTERNACIONAL

Softsul leva empresas à Expotic, no Peru

14/05/2014 14:37

A feira internacional de tecnologia, informática e comunicações espera mais de 50 mil visitantes.

Setor da última Expotic. Foto: Divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Associação Sul-Riograndense de Apoio ao Desenvolvimento de Software (Softsul) está organizando a 1ª participação brasileira na Expotic, em Lima, no Peru, que acontece entre 19 e 22 de junho. 

Organizada pela Câmara de Comércio da capital peruana, a Feira internacional de tecnologia, informática e comunicações vai para a terceira edição, com expectativa de receber 300 expositores e mais de 50 mil visitantes.

A missão brasileira terá disponível um estande compartilhado para até 15 empresas, personalizado com os logotipos dos participantes e com acesso à internet, além de divulgação no catálogo da feira e participação em encontros de negócios.

As empresas interessadas em fazer parte da Expotic devem manifestar interesse até o dia 20 de maio, enviando e-mail para operações@softsul.org.br. 

Segundo a enviada especial do Estadão, Márcia de Chiara, o Peru, que até pouco tempo atrás estava às voltas com hiperinflação, ditadura e guerrilhas que paralisaram investimentos e frustraram o sonho de muitos empreendedores, transformou-se numa das estrelas da América Latina. 

Desde 2010, a economia cresceu quase 7% ao ano, o dobro da média dos vizinhos, puxada pelo boom de investimentos concentrados na exploração de metais - cobre, ouro e zinco.

Apesar disso, o país enfrenta muitos desafios. Um deles é encontrar outros motores que sustentem o crescimento, diminuindo a dependência da exportação de metais para a China, que dá sinais de desaceleração. 

As alternativas para manter o crescimento são ampliar investimentos em infraestrutura e se apoiar no forte empreendedorismo que há nos setores de gastronomia, turismo, construção civil, têxtil e de confecção, no qual o polo confeccionista de Gamarra é um exemplo.

O investimento para participação na feira com a Softsul é de US$ 1.500,00 para empresas filiadas aos Agentes Softex e US$ 2.000 para empresas não filiadas, mais as despesas de viagem.