Baguete
InícioNotícias> Xerox cancela venda para Fuji

Tamanho da fonte:-A+A

SEM TINTA

Xerox cancela venda para Fuji

Maurício Renner
// segunda, 14/05/2018 06:50

A Xerox cancelou a venda da empresa para a Fuji, um negócio de US$ 6,1 bilhões anunciado em fevereiro.

Deu problema na venda da Xerox. Foto: Pixabay.

O negócio foi empatado por Carl Icahn e Darwin Deason, investidores que juntos controlam cerca de 10% das ações da Xerox.

Os dois são o que se conhece no jargão do mercado financeiro como “investidores ativistas”, usando participações minoritárias para combater o que acreditam ser decisões equivocadas da gestão das empresas.

Icahn e Deason argumentaram que o acordo com a Fujifilm era prejudicial para os acionistas porque o valor da venda tinha sido abaixo do esperado.

Com a venda naufragada, o CEO da Xerox, Jeff Jacobson, está de saída da empresa, junto com vários outros integrantes do board.

A Xerox segue agora independente, possivelmente até algum comprador aparecer com um valor que os investidores ativistas considerem justo.

É bastante complicado que a companhia volte ao seu auge nos anos 70, quando desenvolveu os protótipos do que viria a ser o mouse, o computador pessoal e a Internet. 

A história dessa época da Xerox foi contada recentemente num post do editor do Baguete, Maurício Renner, em um post para o blog da RunRun.it que você pode conferir aqui.

Maurício Renner