O Zoom oferece conteúdo informativo sobre produtos à venda e serviços de apoio à compra. Foto: Divulgação.

A plataforma de comércio eletrônico Zoom firmou um acordo com a Naspers para adquirir o comparador de preços Buscapé, concorrente da empresa. O negócio ainda envolve outras empresas do grupo, como Bondfaro, QueBarato e Modait. 

Os valores do acordo não foram revelados pelas empresas. A conclusão da aquisição depende da avaliação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e deve acontecer no segundo semestre deste ano.

Com o negócio, as operações de Zoom e Buscapé atingirão um volume de vendas de R$ 5 bilhões em 2019, geradas para mais de 2 mil lojistas clientes, de acordo com o Zoom.

Em 2009, a Naspers adquiriu 91% do Buscapé pelo valor de US$ 342 milhões, chegando depois a um acordo pelos 100%. Segundo o Valor Econômico, em 2015 o grupo tentou se desfazer da empresa adquirida, mas o negócio não avançou pelo desejo de receber um pagamento na faixa de US$ 300 milhões.

De acordo com uma fonte do Valor, o Buscapé registrou prejuízo de R$ 40 milhões em 2017.

Lançado em novembro de 2011, o Zoom é uma investida da Mosaico, empresa de investimentos especializada em tecnologia que pertence aos sócios Guilherme Pacheco, José Guilherme Pierotti e Roberto Malta, fundadores do Bondfaro e ex-sócios do Buscapé.

O Zoom oferece conteúdo informativo sobre produtos à venda e serviços de apoio à compra, como histórico e alerta de preços.

A Naspers ainda opera e investe em empresas dos setores de classificados online, delivery de comida, pagamentos e fintechs, trabalhando com nomes como OLX, iFood e PayU.