Marco Bassi, presidente do Grupo HDI. Foto: Divulgação.

O Grupo HDI firmou um acordo para a venda de soluções da CA Technologies no mercado latino-americano. Especializado em gestão de qualidade e testes de aplicações, o grupo passa a revender os produtos da CA no Brasil, Chile, México e Colômbia.

Segundo Marco Bassi, presidente da HDI, a solução oferecida pela CA é importante para preparar ambientes complexos para a aplicação de testes.

“O sistema tem atuação especialmente na virtualização de ambientes integrados ao software a ser testado e na garantia da disponibilidade de dados durante o processo”, detalha Bassi.

A parceria se insere nos esforços que a CA direciona ao setor de Continuous Delivery, que atua na entrega rápida de aplicativos, sistemas e atualizações. 

“Identificar problemas de funcionalidade com agilidade é um fator indispensável para diminuir o time-to-market, o que resultará no aumento dos lucros do cliente”, afirma João Fábio Valentim, vice-presidente de Solution Sales para DevOps da CA Technologies para a América Latina.

Os softwares da CA tem o objetivo de lidar com a indisponibilidade de ambientes específicos para testes e homologação, a ausência de dados consistentes para testes e a dificuldade em definir a real cobertura dos testes em acordo com as definições de negócio, a partir das etapas iniciais do desenvolvimento.

Com a parceria de vendas, o presidente da HDI espera um aumento de até 15% no faturamento do Grupo HDI no primeiro ano de vigência.

No ano passado, o faturamento da empresa ficou em R$ 25 milhões. Para 2016, a expectativa é que entre 30% e 40% da receita venham de negócios internacionais, índice já visto em anos anteriores.

“Mesmo com o cenário atual, também estamos prevendo um aumento da receita de projetos no Brasil, até pela atuação de companhias latinas no país, como dois grupos chilenos e um mexicano que o grupo atende”, relata Bassi.

O acordo com a CA não é o primeiro do Grupo HDI focado em revenda, que também oferece ferramentas de testes de empresas como HPE e Microfocus.

A empresa tem presença, além do Brasil, nos países Estados Unidos, México, Chile, Colômbia e Índia. O Grupo HDI já atendeu a companhias como Cielo, Itaú, MetLife, Gol e Telefônica.

Já a CA, que recentemente anunciou Marcel Bakker como novo country manager no Brasil,  registrou receita de US$ 4,26 bilhões no ano fiscal 2015. O resultado é uma pequena queda em relação aos US$ 4,41 bilhões registrados em 2014.

Bakker substituiu Laércio Albuquerque, que deixou a CA no início de abril, depois de 20 anos na empresa, para assumir o cargo de presidente da Cisco no Brasil.