A Microsoft vai oferecer o Windows 10 por meio de assinatura mensal. Foto: Pixabay.

A partir do próximo trimestre, a Microsoft vai oferecer o Windows 10 por meio de assinatura mensal para o mercado corporativo.

O modelo do Windows 10 Enterprise E3 custará US$ 7 por usuário ao mês.

Yusuf Mehdi, vice-presidente corporativo para Windows da Microsoft, disse que os provedores de nuvem agora podem oferecer três serviços da Microsoft por subscrição: Microsoft Azure, Office 365 e Windows 10.

"Pelo preço de uma xícara de café e um donut por dia, você pode obter segurança de classe empresarial por meio de uma assinatura por usuário. Para os provedores de nuvem, isso é fenomenal", disse Mehdi palco do Worldwide Partner Conference da Microsoft em Toronto, segundo o PC World.

De acordo com um porta-voz da Microsoft, o negócio de subscrição não é relacionado com a oferta da empresa aos consumidores. No entanto, uma empresa autônoma pode tirar proveito dela.

"O Windows 10 Enterprise E3 é para clientes empresariais de qualquer tamanho (incluindo uma pessoa) que queiram obter os recursos empresariais e funcionalidades com pagamento por mês. Este novo modelo de assinatura não está associado com a nossa oferta de atualização atual ou aplicável a versão de consumidor do Windows 10", esclarece a companhia.

Até o dia 29 de julho, o Windows 10 está disponível como upgrade gratuito para o Windows 7 e Windows 8.1. Depois disso, a Microsoft deve entre US$ 99  e US$ 199 por diferentes versões do sistema.