A JBS registrou lucro líquido atribuído aos controladores de R$ 80,1 milhões no 2T15. Foto: Divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A JBS registrou lucro líquido atribuído aos controladores de R$ 80,1 milhões no segundo trimestre de 2015, o que significa uma queda de 68,5% na comparação com os R$ 254,3 milhões do mesmo período de 2014. 

Com a inclusão da participação dos minoritários, o lucro líquido da JBS entre abril e junho foi de R$ 252,2 milhões, um número 28,2% menor do que o conquistado em 2014.

O Ebitda ajustado da companhia ficou em R$ 3,577 bilhões entre abril e junho de 2015, uma alta de 47% frente aos R$ 2,432 bilhões na comparação anual.

Segundo a JBS, a despesa financeira líquida no segundo trimestre ficou em R$ 2,3 bilhões, um aumento de 111,5% na comparação com o mesmo período de 2014.

No período, a companhia gerou R$ 675,1 milhões em caixa proveniente de atividades operacionais. Com o impacto do pagamento pela aquisição da Tyson Foods no México, de R$ 1,24 bilhão, além de despesas com proteção cambial, o fluxo de caixa livre ficou negativo em R$ 1,415 bilhão.

A JBS encerrou junho com uma dívida líquida de R$ 34,8 bilhões, avanço de 4,8% em relação a março, e de 40,8% na comparação com junho de 2014.