Fernando Valente, vice-presidente de vendas para a América Latina da Spring Mobile Solutions. Foto: Divulgação.

A Spring Mobile Solutions vai disponibilizar no Salesforce AppExchange as soluções mobileSales e mobileRetail, relacionadas a automação da força de vendas e de merchandising para a indústria de bens de consumo.

Os aplicativos da Spring tornam-se integrados à plataforma de colaboração social corporativa da Salesforce, o Chatter, um fórum corporativo que permite aos representantes em campo se comunicar com seus gerentes e membros da companhia. 

Com a parceria, é possível usar os recursos do Chatter no modo off-line. Assim, as conversas capturadas durante as visitas a lojas, por exemplo, podem ser gravadas sem necessidade de conexão à internet, uma vez que a tecnologia possibilita a sincronização de dados quando a conexão for restabelecida. 

Além disso, é possível a integração de dados dos clientes no CRM, com o objetivo de oferecer uma gestão de cliente mais robusta e a geração de relatórios.

As aplicações móveis da Spring atendem todo o processo comercial das empresas de bens de consumo e são desenvolvidas para uso integral no modo on-line e off-line. As soluções permitem, ainda, a colaboração e a escala no fluxo de trabalho, bem como a integração de informações de outras fontes, incluindo dados de pontos de venda, demográficos e de ERP.

“Os clientes da Spring podem se beneficiar com a melhoria na comunicação entre os representantes de campo e os gestores e ter visão instantânea do desempenho de seus clientes e representantes de vendas em cada registro de CRM”, reforça Fernando Valente, vice-presidente de vendas para a América Latina da Spring Mobile Solutions.

A parceria com a Salesforce acontece depois de um período de mudanças na Spring, que em julho cortou 30% do seu quadro de funcionários, totalizando 80 pessoas. As demissões atingiram principalmente as unidades de serviços e de administração em escritórios no Brasil, na Colômbia, e em outros países.

Além disso, em março a Zenvia chegou a um acordo com a Spring para a aquisição da área de Serviço de Valor Agregado (VAS) da companhia. Na época, a área de VAS da Spring contava com cerca de 400 clientes.

A Spring possui escritórios e centros de distribuição nos Estados Unidos, Colômbia, Brasil, México e Rússia.