Sport, o Leão da Ilha.

O Sport Club do Recife  implantou o sistema de gestão da Totvs na nuvem.

Inicialmente, o ERP será utilizado na área administrativa para gerir as operações de back office, incluindo compras, almoxarifado, recursos humanos, financeiro, contábil e fiscal. Ao todo, serão 20 usuários da solução.

“Não tínhamos nenhum sistema e precisamos começar do zero. Até então, os controles eram feitos manualmente. Para crescer como empresa, o primeiro passo é automatizar os processos”, destaca José Humberto Martorelli, presidente executivo do clube.

O Leão da Ilha adotará também a solução de Business Intelligence (BI) da Totvs. Para um futuro próximo, o clube planeja ampliar o projeto de TI com a Totvs para a implementação de soluções focadas na gestão de sócios e atletas.

O Sport Recife afirma ser o maior clube do Norte-Nordeste do Brasil, uma afirmação que pode ser contestada pelo Santa Cruz, que movimenta mais torcedores em Recife, ou por outras potências regionais do Nordeste como o Bahia e o Vitória de Salvador, ou mesmo do Norte, como o Paysandú, de Belém do Pará. 

Não dá para negar, no entanto, que o Sport Recife é um destaque quando o assunto é administração e atualmente é time mais competitivo da região Nordeste. Santa Cruz, Bahia, Vitória e Paysandú estão todos hoje na segunda divisão do futebol brasileiro.

O Sport, por outro lado, ocupa atualmente a décima colocação na Séria A, fazendo sua campanha na era dos pontos corridos. O Leão esteve na liderança por cinco rodadas, totalizando 14 no G4.

O clube acaba ainda de entrar no Top 10 do Torcedômetro do Movimento Por Um Futebol Melhor, que contabiliza o número de sócios-torcedores no país: são 36,2 mil associados.

Com o fechamento do contrato com o Sport, a Totvs segue ampliando sua presença entre os clubes de futebol brasileiros, totalizando 15 Times.

Desde agosto do ano passado, entraram na lista Internacional, Cruzeiro, Botafogo e Ponte Preta. A empresa também anunciou um contrato com o Corinthians durante o último Universo Totvs. Provavelmente, o resto da lista é composto por clubes menores, clientes do Protheus.

A SAP, concorrente da Totvs que também vem fazendo um esforço para emplacar clientes no mundo da bola, conquistou apenas o Grêmio (é verdade que em um projeto mais charmoso que envolve o backoffice e uso da plataforma de computação em memória Hana para analisar o desempenho dos jogadores) e o Palmeiras (em um projeto mais simples envolvendo backoffice com o Business One).