O estudo das PMEs que mais crescem no Brasil conta com 200 empresas. Foto: Shutter_M/Shutterstock.

A edição 2015 do estudo da Deloitte que avalia as pequenas e médias empresas (PMEs) que mais crescem no Brasil conta com 200 empresas. Entre elas, 27% são do segmento de serviços de TI, a categoria com mais representantes no ranking (um total de 53 companhias).

Além disso, a liderança da lista ficou com uma empresa do segmento de TI, a Ciberian. Entre 2012 e 2014, a receita da empresa subiu 12.000%, chegando a R$ 13 milhões no ano passado.

O estudo teve seu período de campo entre os meses de junho e julho, por meio de um questionário disponível no site da Deloitte. O convite para participar do estudo foi enviado por para aproximadamente 17 mil contatos de empresas. Entre as 299 que se inscreveram para a pesquisa, 200 foram classificadas para o grupo de maior crescimento.

Depois de TI, o segmento com mais representantes na pesquisa foi o de serviços a empresas (outsourcing), segmento de 15% das companhias listadas. Em 3º lugar ficou o segmento de manufatura, com 11% das empresas, seguido por comércio, com 10%.

Entre as 200 empresas que mais cresceram, 41,5% são de São Paulo. Enquanto isso, 29% são da região sul; 14% da sudeste (exceto SP); 10,5% da nordeste 10,5%; e 5% das regiões centro-oeste e norte.

A Ciberian, que ficou com o primeiro lugar do ranking, é de Salvador. A empresa tem negócios nas áreas de service desk, fábrica de software, outsourcing e consultoria.

A próxima empresa de TI da lista é a Safetec, que ficou em 10º lugar. O faturamento da empresa, com sede no Porto Digital, em Recife, cresceu 260,91% nos últimos três anos, ficando em R$ 6,4 milhões em 2014. A empresa fornece ferramentas das empresas Google, Microsoft e Salesforce.

Na 13ª colocação ficou a Intelecta Tecnologia, que aumentou em 231,16% seu faturamento entre 2012 e 2014, alcançando 4,6 milhões no último ano. Voltada ao desenvolvimento e distribuição de soluções tecnológicas para pequenas e médias empresas, a Intelecta foi criada em 1994 em São Paulo.

A Markway ocupa a 18ª posição do ranking, com faturamento de R$ 15 milhões em 2014, um aumento de 194,80% em relação a 2012. A empresa do Rio de Janeiro é parceira de empresas como Oracle, RedHat e VMWare.

O 19º lugar ficou com a Intelie, que aumentou sua receita em 183,20% nos últimos 3 anos e registrou 3,2 milhões em 2014. Fundada em 2008, a Intelie é responsável pela Intelie Live, focada em análise de dados para empresas de e-commerce, finanças, seguros, varejo e telecom. Em 2013, recebeu um aporte de R$ 1,7 milhão da Totvs.

Com atuação focada no nordeste, a CMTech, que ficou no 21º lugar, atende clientes como Bunge Alimentos, Banco do Nordeste e o Governo da Paraíba. A empresa chegou a um faturamento de R$ 24,1 milhões em 2014, um aumento de 179,29% em relação a 2012.

A 22ª colocação ficou com a Sou, empresa de São Paulo fundada em 2009. A empresa focada em educação corporativa atua em áreas como cursos online e jogos de aprendizagem. Com receita de R$ 5,6 milhões, teve crescimento de 167,72% desde 2012.

A desenvolvedora de ERP em nuvem ERPflex ficou com a 22ª posição. A empresa faturou R$ 7,3 milhões em 2014, uma alta de 165,38% na comparação com 2012. 

Com faturamento de R$ 22,8 milhões em 2014, a Supriservi apresentou alta de 162,82%, ficando com a 24ª colocação no ranking. A empresa é especializada em projetos para a infraestrutura de TI, utilizando tecnologias das empresas HP, Microsoft e Enterasys.

O 27º lugar tem a CTI Net, que faturou R$ 7,9 milhões, crescendo 152,40% entre 2012 e 2014. Fundada em 1992, é parceira das empresas Dell SonicWall e Microsoft.

A P3IMAGE, 28ª da lista, cresceu 150,51% em três anos, faturando R$ 33,2 milhões em 2014. A empresa atua no mercado de gestão de documentos e tem entre seus clientes Dafiti, HSBC, IBM e Avon.

Com faturamento de R$ 155 milhões, a Serttel teve alta de 140,35% desde 2012 e ficou com a 32ª posição. Sediada no Recife, opera o sistema de aluguel de bicicletas de cidades como Rio de Janeiro e São Paulo.

No 42º lugar ficou a Concil, que teve alta de 113,66% no faturamento, chegando a R$ 4 milhões no ano passado. A empresa especializada em inteligência de conciliação bancária e conciliação de cartão de crédito e débito, recebeu em 2015 um aporte do Fundo de Inovação Paulista, idealizado pela Agência de Desenvolvimento Paulista. 

A Jiva, 45ª do ranking, teve receita de R$ 7,2 milhões em 2014, um crescimento de 107,02% em relação a 2012. Sediada em Uberlândia, Minas Gerais, a empresa tem um ERP focado principalmente em pequenas companhias do segmento do varejo e atacado. 

Na 47ª colocação da lista está a Geofusion, com R$ 13 milhões de receita em 2014 (alta de 98,96% em dois anos. A empresa - do segmento de soluções para inteligência de mercado por meio de uso de informações geográficas - foi investida em 2013 pela Intel Capital. Conta com clientes como McDonalds, Boticário e a Coca-Cola FEMSA. 

O faturamento de R$ 9,2 milhões da Máxima Sistemas em 2014 representou alta de 98,56% em relação a 2012. Com isso, a companhia ficou com a 48ª posição do ranking. A empresa é especializada em soluções de força de venda ligadas ao ERP WinThor, da PC Sistemas. Em janeiro, anunciou a compra da mineira Tecnomix, concorrente do segmento.

Na 53ª colocação ficou a Sofácil Tecnologia, que conquistou uma alta de 91,77% na receita em dois anos, chegando a R$ 30,7 milhões em 2014.

A VTEX, especializada em soluções para e-commerce, ficou na 59ª posição. A empresa tem clientes como Walmart, Chili Beans e Paquetá Esportes. O faturamento da VTEX em 2014 foi de R$ 41,8 milhões, um crescimento de 85,85% em relação a 2012.

Especializada em serviços gerenciados de segurança em TI, a carioca Arcon teve receita de R$ 40,5 milhões em 2014, crescendo 82,60% em relação a dois anos antes. Com isso, a empresa ficou na 61ª posição do ranking. Fundada em 1996, tem na carteira clientes como Makro, Eletrobrás e Usiminas.

A 65ª colocação é da Acesso Digital, que gerou receita de R$ 34,1 milhões em 2014, uma alta de 77,58% em dois anos. Criada em 2002, a companhia atua na gestão de documentos. Entre seus clientes estão Bradesco Cartões, Tim, Itaú, Tam e O Boticário.

No 73º lugar ficou a Magna Sistemas, com seu faturamento de R$ 87,5 milhões que cresceu 72,42% em dois anos. A empresa é parceira de companhias como IBM, Microsoft e Oracle.

A Clearsale ficou na 79ª posição. A companhia aumentou sua receita em 65,68% entre 2012 e 2014, chegando a R$ 69 milhões no último ano. Focada em sistemas anti-fraude, a empresa conta com 1,4 mil clientes e 650 colaboradores.

Com faturamento de R$ 15,2 milhões (alta de 65,21% em dois anos), a Wellcare ocupa a 81ª colocação do ranking. A empresa de soluções em automação e segurança eletrônica atende clientes como DHL, Itaú, Merck e Unimed Rio.

A Icaro Tech ficou na 82ª posição, com faturamento de R$ 24 milhões em 2014. O crescimento da receita em dois anos foi de 65,12%. Com presença em Campinas, São Paulo, Curitiba e Rio de Janeiro, a empresa desenvolve soluções de análise e gerência de serviços, redes, sistemas, infraestrutura e segurança. Entre seus clientes estão Casas Bahia, Tivit e Nextel. 

No 83º lugar, a Dedalus Prime teve alta de 63,47% no faturamento entre 2012 e 2014, alcançado R$ 30,3 milhões no ano passado. A atuação da companhia é em cloud computing e ela atende clientes como Pão de Açúcar, Leroy Merlin e Avianca.

A Datainfo, que ocupa a 86ª colocação, é uma consultoria de outsourcing em TI com sede em Blumenau e clientes como Weg, Tigre, Hering e Seara. Fundada em 2002, a companhia faturou R$ 12 milhões em 2014, crescimento de 61,58% em dois anos.

A empresa Soluti, sediada em Goiânia, ficou com a 87ª posição. Atuando com certificação digital, a companhia aumentou em 61,11% seu faturamento em dois anos, conquistando R$ 14 milhões no ano passado..

No mercado há quase 30 anos, a Linx fornece soluções em software de gestão (ERP e POS). Entre seus clientes estão: Arno, Bob’s, GM e Nike. Na 89ª posição, a empresa teve alta de 59,67%, alcançado receita de R$ 368 milhões em 2014.

O 95º lugar é ocupado pela Digisystem, empresa de desenvolvimento de software paulista com produto especializado em CRM para educação. A receita da companhia subiu 54,49% em dois anos, ficando em R$ 55,2 milhões em 2014.

A I4PRO Informática ocupa a 98ª posição, com alta de 52,65% em seu faturamento de R$ 22,2 milhões. Sediada em São Paulo, empresa é especializada em ERP para o mercado de seguros, resseguros, previdência e capitalização.

Na 99ª colocação está a Veltec Soluções, empresa de Londrina que atua em tecnologias embarcadas para gestão em tempo real da operação de veículos em campo. A receita da companhia foi de R$ 18,8 milhões em 2014, um crescimento de 52,56% na comparação com 2012.

A Shopfisio ficou com a 101ª posição da lista. O faturamento de R$ 32,8 milhões da companhia em 2014 foi 51,59% maior que o alcançado em 2012. O e-commerce de medicina estética e fisioterapia oferece mais de 5 mil produtos.

A Telsign, que ficou na 111ª colocação, atua na área de software e serviços em telecomunicações sem fio e rede fixa. Em 2014, a empresa teve receita de R$ 12,4 milhões, alta de 46,71% em relação a 2012.

No 112º lugar está a Vagas.com, que faturou R$ 31,6 milhões no ano passado, alta de 46,54% em dois anos. Atuando com soluções para e-recruitment, a empresa tem 160 colaboradores e foi fundada em 1999.

A Take.net (113ª colocada) teve receita de R$ 34,1 milhões em 2014, apresentando um crescimento de 46,23% em relação ao ano de 2012. A empresa atua no mercado de mobilidade e foi fundada há 15 anos.

A Fóton Informática, fundada em Porto Alegre, ficou no 116º lugar. Com receita de R$ 29,8 milhões em 2014, a companhia cresceu 44,62% em dois anos. A Fóton é especializada em soluções para automação bancária e foi fundada em 1993.

O 130º lugar ficou com a Central Server, que faturou R$ 7,1 milhões em 2014 (alta de 38,04% em relação a 2012). A companhia fornece serviços gerenciados de computação em nuvem.

A Gertec Serviços ocupa a 138ª colocação no ranking. A empresa subiu sua receita em 35,21% entre 2012 e 2014, chegando a R$ 19 milhões no ano passado. O segmento de atuação da companhia é o de automação comercial e bancária.

Na 139ª posição ficou a Ivia, que faturou R$ 25,7 milhões em 2014, alta de 35,08 na comparação com 2012. Com atuação em software e BI, a empresa tem unidades em Fortaleza, Natal e Recife.

A Premier IT, que ficou com a 144ª colocação, alcançou receita de R$ 44,8 milhões em 2014, um valor 33,88% maior do que o registrado dois anos antes. A empresa atua nas áreas de service desk, BPO e automação, além de soluções par impressão.

No 148º lugar, a Consinco faturou R$ 33,4 milhões em 2014, uma alta de 33,52% em dois anos. A provedora nacional de ERPs para varejistas, atacadistas e distribuidoras tem uma carteira de clientes com mais de 150 grupos empresariais, um total de 11,7 mil estabelecimentos por cerca de 30 mil usuários.

A InteMobile (153ª posição) aumentou sua receita em 32,11% entre 2012 e 2014, alcançando R$ 6,1 milhões no último ano. A InteMobile, focada na integração de tecnologias móveis, oferece soluções “end-to-end” em projetos envolvendo hardware, software e serviços.

Fundada em Joinville, a Selbetti ficou com a 155ª colocação no ranking. A empresa fornece softwares de gestão de documentos, contando com cerca de 2,5 mil clientes. Com 37 anos de história, a Selbetti faturou R$ 46,7 milhões no ano passado, alta de 31,29% sobre 2012.

No 157º lugar está a Ravel Tecnologia, que conquistou receita de R$ 5,9 milhões no ano passado (alta de 30,99%. Sediada em Diadema, a companhia trabalha com outsourcing de impressão, monitoramento remoto e produtos GFI e AVG.

A LG lugar de gente, especializada em soluções de gestão de pessoas, ocupa a 159ª posição. A goianense LG faturou R$ 64,2 milhões em 2014, subindo 30,49% sobre 2012. A empresa tem clientes como Itaú e EcoRodovias.

A 160ª colocação ficou com a Voxage. Com faturamento de R$ 11,3 milhões em 2014, a companhia apresentou alta de 30,06% em dois anos. A empresa atua no desenvolvimento de soluções especializadas na automação de serviços de relacionamento (ativo e receptivo) com clientes por telefone.

O 161º lugar é ocupado pela Exceda, que atua no segmento de aceleração de aplicativos, segurança e streaming. A empresa já desenvolveu projetos para Carrefour, Embraer, Rede Globo e Cielo. Seu faturamento em 2014 foi de R$ 76 milhões, crescimento de 29,99% em relação a 2012.

A CINQ Technologies (169ª posição) é uma empresa paranaense especializada em soluções de software, desenvolvimento de aplicativos mobile e outsourcing de TI. A companhia faturou R$ 16,4 milhões no ano passado, valor 25,98% mais alto que em 2012.

No 173º lugar, a Alterdata subiu em 25% seu faturamento entre 2012 e 2014, chegando a R$ 95 milhões. A empresa tem mais de 30 mil clientes e 1,3 mil colaboradores. Criada em 1989, a companhia atua no segmento de tecnologia e soluções para gestão empresarial focada nas pequenas e médias empresas. 

A CAS Tecnologia (181ª colocação) desenvolve projetos de fabricação e integração de equipamentos e sistemas. No ano passado, faturou R$ 44 milhões, alta de 21,50% em dois anos. A empresa já desenvolveu trabalhos para AES, Banrisul, CEEE e GVT.

Com receita de R$ 10,5 milhões em 2014, a Astrein Engenharia ficou com a 185ª colocação pelo crescimento de 20,10% em dois anos. Sediada em São Paulo, a companhia é especializada em soluções e software para gestão de ativos, facilities e centrais de cadastro.

A GSW Soluções, na 193ª posição, é especializada em soluções para o gerenciamento e controle de processos e negócios. O faturamento da companhia cresceu 18,15% entre 2012 e 2014, chegando a R$ 29,3 milhões no último ano. A empresa atende a clientes como 3M, Embraer, Pfizer, entre outros.