Uma das revendas do Grupo Caltabiano. Foto: divulgação.

A Caltabiano, rede nacional de concessionárias, inaugurou um novo data center pra suas operações, com o apoio da TecnoComp, de São Bernardo do Campo.

Vendedora de marcas como Mercedes-Benz, Land Rover, BMW, Volkswagen, Volvo, Jeep, Dodge e Chrysler, a rede investiu em um novo centro de dados para centralizar as 16 lojas da rede na região Sudeste e Distrito Federal, e reforçar o crescimento esperado pelo grupo nos próximos anos. O valor do investimento não foi divulgado.

Segundo Ricardo Dorta, gerente de TI do Grupo Caltabiano, a empresa tem uma demanda forte de crescimento, mas estava operando em um CPD antigo, lento e subdimensionado.

"Decidimos então optar por uma completa modernização com a construção de um novo ambiente próprio, compacto e de grande eficiência para a expansão, sem termos que investir na sua infraestrutura pelo menos nos próximos cinco anos”, observa o gestor.

Com sua infraestrutura construída em cerca de 60 dias, o data center operan com links de 80Mbps para internet e de 60Mbps para as pontas, no acesso aos usuários.  O DC se conecta via link de 04Mbps full em cada uma das lojas. Os roteadores são Cisco, os servidores Blade Dell e o cabeamento estruturado e fibras ópticas, da Furukawa.

“Construir toda a infraestrutura em tempo recorde exigiu alta capacidade de integração de especialistas de mais de 10 fornecedores distintos e muita experiência para as rotinas de testes unitários e integrados dos componentes", afirmou Dorta.

Com trinta anos de mercado, a TecnoComp tem boa parte de seus clientes nos setores de grandes empresas e governo, com quatro verticais de serviços: Service Desk, Suporte e Gestão de Ativos, Data Center e Infraestrutura.

A companhia tem sua sede em São Bernardo do Campo e filiais em Goiânia e Rio de Janeiro, mas atua em todo o país com pontos de presença (diretos e credenciados) em mais de 200 cidades.

Em 2012 a TecnoComp registrou uma receita de R$ 32 milhões. Neste ano de 2013 a expectativa da companhia é crescer acima de 30%, alcançando a cifra de R$ 43 milhões em faturamento.