Companhia atende em 15 cidades em Santa Catarina. Foto: Divulgação.

A GVT investirá no próximo ano R$ 60 milhões em Santa Catarina na rede de banda larga, TV por assinatura e telefonia fixa. O objetivo é atrair clientes interessados no serviço de internet rápida.

Entre 2007 e 2013 a empresa aplicou R$ 132 milhões, ou seja, R$ 24,4 milhões por ano. 

A companhia atende no Estado as cidades de Florianópolis, Biguaçu, São José, Palhoça, Balneário Camboriú, Camboriú, Brusque, Blumenau, Gaspar, Criciúma, Içara, Itajaí, Joinville, Jaraguá do Sul e Tubarão.

A companhia informa que oferece 13 megas (Mbps) ao consumidor, bem acima da média nacional que é de 2 megas. 

A última cidade a receber os serviços da GVT foi Gaspar. A operadora fez oferta para 8 mil residências e vendeu tudo em 15 dias. O plano mais acessível, que inclui os três serviços (telefonia, internet e TV a cabo), chamado Na medida, sai R$ 171,60 por mês.