Conisul adota soluções da MV. Foto: divulgação.

O Consórcio Intermunicipal do Sul do Estado de Alagoas (Conisul), investiu na implementação de soluções da MV para a regulação automatizada de consultas, exames e cirurgias de seu sistema de saúde pública.

O projeto, iniciado em outubro, envolve a instalação de software em quatorze municípios que compõem o consórcio, em um total de sete hospitais, 13 laboratórios, quatro clínicas e dois centros de imagem, que atendem os mais de 480 mil cidadãos da região.

Além de integrar toda a rede, a solução ainda permite que tanto os prestadores de serviços quanto os gestores municipais tenham acesso a relatórios que apontam o fluxo de atendimento na região.

Atualmente, são realizadas por mês mais de duas mil consultas especializadas, 13 mil exames de patologia clínica, duas mil ultrassonografias, 300 tomografias e ressonâncias magnéticas, e 250 cirurgias eletivas.

Com o novo processo a ser adotado, os atendimentos passam por autenticação pela solução MV, evitando fraudes e ganhando eficiência no atendimento por não haver registros manuais e retrabalho.

De acordo com a Conisul, a solução para regulação de consultas, exames e cirurgias, proporcionará, já a partir de 2016, redução de filas de espera e rapidez no fluxo de atendimento.

A MV é hoje uma das maiores empresas de software para saúde no país. No ano passado, a companhia alcançou uma receita líquida de R$ 161 milhões no ano passado, alta de 20% frente a 2013.

A meta para este ano é crescer novamente 20%, chegando a R$ 193 milhões.

Com mais de 800 clientes no Brasil, na África e na América Latina - entre hospitais, operadoras de planos de saúde e saúde pública – a MV conta com um total de 100 mil médicos e 250 mil profissionais usando as plataformas da empresa.