Conexão de internet em voos deve ser mais acessível. Foto: flickr.com/photos/wildhaber.

Dentro de dois anos deve entrar em operação o novo serviço de conexão à internet em aviões com preços mais acessíveis que os atuais e velocidade de 49 Mbps.

A solução, de acordo com publicação do Mobile Time, usará a GX, nova linha de satélites em banda Ka da Inmarsat, que deve entrar em órbita em 2014.

Hoje, são usados satélites de banda Ku, com velocidade de conexão menor. 

Serão três satélites sobre os oceanos Atlântico, Pacífico e Índico, cada um com 89 feixes de banda Ka. Isso garante uma cobertura de praticamente todo o globo terrestre.

Com a nova tecnologia, os provedores de serviços em voos serão os mesmos que existem atualmente, como On Air e Gogo. Porém, o modelo de cobrança pode variar, desde a cobrança pelo voo inteiro até por uma determinada quantidade de dados trafegados.

Uma pesquisa realizada pela Honeywell Aeroespace, empresa parceira no projeto de fabricação dos equipamentos de comunicação com os satélites que serão instalados nos aviões, indica que 86% dos passageiros querem conexão Wi-Fi nos voos e que nove a cada dez pilotos não estão satisfeitos com a qualidade do serviço atual.