Tupinambá, Haas, Schleder e Verdi Foto: Francielle Caetano/Divulgação Inventsys

A Inventsys irá selecionar cinco municípios entre 15 mil e 100 mil habitantes para implementar gratuitamente um piloto do sistema de gerenciamento inteligente de patrimônio público e mobiliário urbano, o Citysys. A iniciativa faz parte do programa Smart Small Cities.  

"O conceito de cidades inteligentes é baseado em hardware e software ainda inacessíveis para os pequenos municípios. Assim, desenvolvemos uma ferramenta que tem como base tecnologias já universalizadas, como as redes de dados móveis e o sistema em nuveml", afirma Mário Verdi, fundador da Inventsys. 

O sistema, que pode ser instalado em smartphones, facilita e agiliza o gerenciamento dos bens e serviços públicos em geral com ocorrências geolocalizadas, além de integrar e abreviar a comunicação entre os departamentos e secretarias de uma prefeitura.

“Estamos oferecendo aos gestores públicos uma ferramenta que responde à altura ao processo de gestão colaborativa dos municípios, a chamada cidadania fiscal”, aponta Mário Verdi, diretor geral da Inventsys.

O Citysys liga o inventário de bens e o registro de ocorrências nestes bens com a máquina operacional da prefeitura.

O sistema opera com um painel de controle em nuvem e um aplicativo para smartphones, projetado para possibilitar o rápido cadastramento de todos os bens públicos da cidade, de forma categorizada, geolocalizada, com foto, data, hora e dados específicos de cada item de inventário. 

O sistema permite que sejam registrados até 300 itens por pessoa a cada dia. 

Além disso, o Citysys possibilita que seja feito o acompanhamento e fiscalização de obras e do estado de conservação dos bens públicos, como paradas de ônibus, sinalização de trânsito, monumentos, iluminação, etc.

“Queremos demonstrar o quão importante é pensar como uma cidade inteligente. Os gestores não sabem, por exemplo, quantas paradas de ônibus, sinaleiras, monumentos ou prédios públicos existem na cidade, muito menos a condição detalhada de cada um desses itens. O Citysys proporciona essa visão da cidade, de forma rápida, ágil e integrada", destaca Verdi.

A ferramenta está em uso na prefeitura de São Bernardo do Campo, no ABC paulista, onde é utilizada pela secretaria de transportes da cidade.

A Inventsys foi fundada pelo designer Mário Verdi, pelo engenheiro de software Henrique Haas, pelo economista Sandro Schleder e pelo administrador de empresas Paulo Tupinambá.

As prefeituras interessadas em participar do projeto devem entrar em contato com a Inventsys pelo e-mail smartcity@inventsys.com.br.