Bernardo Gomes. Foto: divulgação.

A Senior Solution, desenvolvedora nacional de softwares para o setor financeiro, encerrou o terceiro trimestre com receita líquida recorde de R$ 17,8 milhões, aumento de 24,0% em relação ao mesmo período do ano anterior.

De acordo com a companhia, o número é resultado de um expressivo crescimento orgânico, já que o balanço da Drive, adquirida em junho de 2013, já havia sido consolidado no terceiro trimestre de 2013.

Conforme destacou a Senior Solution em nota, o destaque foi o crescimento de 94,1% e 84,5% das unidades de Consultoria e Serviços, na comparação com o mesmo período do ano anterior.

O lucro líquido somou R$ 1,7 milhão, incremento de 16,8% em relação ao terceiro trimestre de 2013.

De acordo com Bernardo Gomes, diretor presidente da empresa, as unidades se beneficiaram da demanda por projetos relacionados à, que autorizou arranjos e instituições de pagamento, que são regras ou instituições que permitem ao cidadão realizar transações de pagamentos sem a necessidade de intermediação de uma instituição financeira.

"Eles (projetos) continuarão impulsionando os negócios no segmento de arranjos de pagamento, e da execução de projetos de prazo mais longo junto a uma base de clientes mais diversificada”, destacou o Gomes.

O Ebitda, medida da geração de caixa da companhia, alcançou R$ 2,7 milhões e aumentou 84,1% em comparação com o mesmo período de 2013. A margem Ebitda foi de 15,4%, a maior desde o IPO realizado no primeiro trimestre de 2013.

"Superamos o patamar de 15% e ainda temos grandes oportunidades para aumentar a lucratividade com a continuidade do plano de crescimento e dos ganhos de escala", afirmou Gomes.

Para 2015, a companhia estima maiores ganhos de rentabilidade com seus negócios de software, que tem a margem bruta mais alta e passará a representar uma proporção maior das receitas da companhia, com investimentos em ampliação de oferta.

Nos primeiros nove meses do ano, a Senior Solution reportou receita líquida de R$ 52,2 milhões, Ebitda de R$ 7,6 milhões e lucro líquido de R$ 9,5 milhões.

“No terceiro trimestre já superamos o ano de 2013 em praticamente todos os indicadores financeiros. Agora, buscaremos fechar o ano com chave de ouro e construir os pilares que sustentarão o resultado de 2015”, conclui o executivo.