Wilson Leal, CIO da Tokio Marine. Foto: Divulgação.

A Tokio Marine vai utilizar a plataforma de inteligência artificial da DataRobot com o objetivo de atuar de maneira preventiva na identificação de fraudes. 

Antes de trabalhar com a DataRobot, a Tokio Marine não possuía experiência na criação de modelos analiticos e chegou a avaliar outros fornecedores.

"Antes da DataRobot, nossos esforços de detecção de fraude eram manuais e demorados. Selecionamos a plataforma da DataRobot porque ela poderia oferecer casos de uso em toda a empresa, algo necessário para alavancar verdadeiramente o poder da IA", declara Leandro Eschiavi, head de inovação da Tokio Marine

A tecnologia permite que os cientistas de dados e outros profissionais da Tokio Marine trabalhem juntos, colaborando no desenvolvimento, entrega e implantação de modelos de machine learning. 

"Com a solução da DataRobot, a Tokio Marine está ampliando seus recursos relacionados à detecção de fraudes e reduzindo significativamente a quantidade de esforço humano necessário para revisar todos os alertas", diz Wilson Leal, CIO da Tokio Marine.

A DataRobot, fundada em Boston, oferece uma biblioteca de centenas de algoritmos de aprendizado de máquina de código aberto. 

Com escritórios em todo o mundo, inclusive no Brasil, a DataRobot recebeu mais de US$ 225 milhões em investimentos de empresas como New Enterprise Associates, Sapphire Ventures, Meritech e DFJ.

Há 60 anos no Brasil, a Tokio Marine é uma subsidiária da Tokio Marine Holdings, o mais antigo conglomerado de seguros do Japão, fundado há 140 anos.