Sérgio Dias. Foto: divulgação

Tamanho da fonte: -A+A

Depois da semana em que temporais deixaram cerca de 11 mil moradores de Porto Alegre e Região Metropolitana sem luz, a Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE) anunciou na tarde da quinta-feira, 13, que vai investir R$ 1,17 bilhão na rede de distribuição nos próximos dois anos.

Na manhã da quinta, o presidente da CEEE, Sérgio Dias, havia falado em um valor menor, R$ 800 milhões, durante uma coletiva de imprensa. O valor foi corrigido pela assessoria da empresa na tarde.  

Conforme Dias, a diretoria da companhia se reuniu para debater os problemas que deixaram os consumidores sem luz, em alguns casos, por dois dias.

Segundo ele, há obras em andamento para evitar novos problemas, e os investimentos a serem feitos no próximo biênio irão aumentar a qualidade das linhas de distribuição e o número de subestações e alimentadores da companhia, o que deverá reduzir a incidência de problemas em novos temporais.

Dias informa que, ao longo de 2012, a CEEE investiu R$ 209 milhões na rede de distribuição.

Em 2013 e 2014, a meta é que o total chegue a R$ 1,17 bilhão, incluindo a construção de 11 novas subestações em Porto Alegre e a instalação de mais 78 alimentadores.

De acordo com Dias, os alimentadores tornarão a rede mais “resistente a vendavais”.

O presidente admitiu que a fornecedora de energia elétrica chegou a “uma situação muito delicada”, mas que as obras em andamento irão melhorar a rede.

Sobre as dificuldades de clientes que não conseguiram contatar o 0800 da companhia, Dias destacou que o call center tem capacidade de atender até 120 ligações simultâneas, o que em casos extremos, como foram os temporais desta semana, pode não ser suficiente.

Novos investimentos em call center não foram comentados.