Pedro Arruda. Foto: divulgação.

A Accesstage, desenvolvedora de soluções para intercâmbio de dados financeiros, recebeu a certificação PCI-DSS 3.1, nova versão do selo dado pelo PCI Security Standards Council para empresas de processamento de pagamentos.

De acordo com a companhia, a nova versão do certificado assegura um maior nível de segurança aos dados de transações feitas por meio de cartões de débito, crédito e benefícios que trafegam no sistema da Accesstage.

A versão 3.1 do PCI-DSS recebeu apenas algumas alterações, em comparação à edição anterior, todas relacionadas a protocolos de segurança que não poderão mais ser utilizados para a proteção de dados após junho de 2016.

Segundo Pedro Arruda, diretor de tecnologia da Accesstage, foram três meses de auditoria e todos os pré-requisitos do selo foram atendidos sem que a empresa precisasse fazer grandes mudanças em seus padrões.

"Ter o certificado com esta antecedência garante que as soluções da Accesstage voltadas para o Varejo estejam ainda mais seguras e de acordo com as melhores práticas de mercado", destaca o diretor.

A nova certificação vem no rastro de diversos anúncios feitos pela companhia durante 2015. No primeiro semestre do ano, a companhia anunciou investimentos de R$ 3,5 milhões em infraestrutura de TI, um crescimento de 9,4% em comparação com os aportes realizados em 2014.

Além disso, a companhia anunciou um aporte adicional de R$ 2 milhões para abrir seis novas unidades. As cidades contempladas são Recife, Fortaleza, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Goiânia e Porto Alegre.

Especialista em integração de dados financeiros, a Accesstage possui uma base de mais de 90 mil empresas conectadas, com clientes como Magazine Luiza, NET, ESPM e Liberty Seguros.

O faturamento da empresa em 2013 foi de R$ 55 milhões, ante os R$ 50 milhões registrados no ano anterior. Os valores de 2014 não foram anunciados.